Cria do Vitória, braço-direito de Valentim vive jornada dupla no Palmeiras

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras

    Wesley Carvalho aconselhando Valentim: cena comum no dérbi em Itaquera

    Wesley Carvalho aconselhando Valentim: cena comum no dérbi em Itaquera

Se Alberto Valentim assumiu o papel de "braço-direito" de muitos treinadores no Palmeiras, hoje, como técnico, o interino também possui um homem de confiança com quem divide as tarefas do dia a dia de treinamentos na Academia de Futebol. Trata-se de Wesley Carvalho, comandante do time sub-20 "promovido" ao papel de auxiliar neste fim de temporada e com um passado recente ligado ao Vitória, próximo adversário do clube alviverde, nesta quarta, em Salvador.

Wesley Carvalho chegou ao Palmeiras para comandar a equipe de base em maio, após perder espaço no Vitória. O hoje "braço-direito" de Valentim chegou a assumir interinamente o time principal do rubro-negro e, de quebra, conquistou o Campeonato Baiano. Posteriormente, com a então efetivação de Petkovic como técnico, o profissional perdeu espaço e aceitou o convite para comandar os meninos palmeirenses. Com Valentim, agora recupera novamente a chance de trabalhar entre os "adultos".

No CT palmeirense, ainda durante a Era Cuca, esteve presente em treinamentos dos profissionais quando a equipe sub-20 era o adversário. As visitas, quase que semanais, aproximaram Alberto Valentim de Wesley Carvalho, que vive uma jornada dupla no clube – comanda os meninos da base e também convive no dia a dia com o elenco principal.

Fábio Menotti/Ag. Palmeiras
Wesley Carvalho dirigiu o sub-20 contra o Corinthians, na última sexta-feira

O maior exemplo desta função em duas frentes ocorreu na semana passada. Sexta-feira, Wesley comandou do banco de reservas a vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, em Barueri, e a consequente classificação do Palmeiras à semifinal do Campeonato Paulista sub-20. Dois dias depois, ajudava Valentim contra o mesmo adversário, mas em Itaquera e pelo Brasileirão.

"O Cuca fez muito isso de treinar com os meninos do júnior, e isso ajudou muito na proximidade com o Wesley. O Omar [Feitosa, preparador físico] já conheço há muito tempo", disse Valentim, em entrevista concedida antes da derrota por 3 a 2 para o Corinthians.

No dia a dia, Wesley abraça as funções anteriormente delegadas a Alberto Valentim. Treinamentos técnicos mais específicos, como de finalização e em campo reduzido com apenas reservas, contam com a supervisão do auxiliar, enquanto o treinador-interino observa e analisa.

Ainda nos treinamentos de dia a dia, as trocas de ideias entre a dupla são constantes. O comandante do sub-20 também atua como conselheiro e dá sugestões durante os jogos – a imagem do treinador conversando com o auxiliar foi comum no dérbi do fim de semana em Itaquera. Até o momento, a parceria tem funcionado, na visão de Alberto Valentim.

"O Wesley [Carvalho] tem se desdobrado, sabe como eu gosto de trabalhar e tem me ajudado muito", disse o técnico-interino palmeirense, que tenta a reabilitação justamente diante do Vitória, clube que projetou Wesley Carvalho com o título baiano no primeiro semestre.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA x PALMEIRAS

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)
Data: 8 de novembro de 2017 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA - FIFA)
Assistentes: Helcio Araujo Neves e Jose Ricardo Guimaraes Coimbra (ambos do PA)

VITÓRIA: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Wallace e Caíque Sá (Juninho); Ramon, José Wellison, Yago, Uillian Corrêia e David; Trellez.
Técnico: Vagner Mancini.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egidio; Bruno Henrique, Tchê Tchê e Moisés; Keno, Erik (Guerra ou Hyoran) e Dudu.
Técnico: Alberto Valentim.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos