Ruim para os dois: Fluminense e Coritiba ficam no 2 a 2 no Maracanã

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Coritiba abriu o placar, o Fluminense virou em dois minutos, mas os paranaenses correram atrás de um 2 a 2 que reservou momentos eletrizantes no Maracanã. O empate aconteceu na partida desta quinta-feira pelo Campeonato Brasileiro.

Se o primeiro tempo foi sem muitos lances inspirados de lado a lado, os 45 minutos finais reservaram emoções para tricolores e alviverdes, que experimentaram diferentes sensações nesta metade final. Com um gol contra e um a favor, o zagueiro Cleber foi o grande personagem da partida.

Apesar do esforço dos dois times, o resultado não foi dos melhores para ninguém. Com o placar, o Flu, na 12ª colocação, perdeu uma boa chance de espantar de vez o fantasma do rebaixamento. Já o Coxa segue no 15º lugar, a três pontos do Sport, time que abre a zona de queda para a segunda divisão.

Na próxima rodada, o Flu visita o Cruzeiro, domingo, 19h, no Mineirão. O Coritiba, por sua vez, recebe a Ponte Preta, também às 19h de domingo.

Jogo morno

Os primeiros minutos de bola rolando no Maracanã deram pinta de que a partida na etapa inicial seria animada. Impedido, Marcos Jr. teve um gol anulado. Minutos depois, Douglas e Carleto obrigaram Wilson e Diego Cavalieri a trabalhar, mas a emoção ficou por aí mesmo.

Sem muita criatividade de parte a parte, os times não conseguiram construir nada de muito relevante. Com um bom espaço para avançar, Carleto foi uma boa alternativa do Coxa, que enfrentou um rival que teve dificuldade para furar o bloqueio imposto.

Cavalieri fez outra boa defesa em chute de Yan, e o time melhor ajustado em campo acabou premiado. Aos 43, Carleto bateu escanteio, Alan Santos desviou, e Werley, quase junto ao segundo pau, empurrou para a rede. Insatisfeita, a torcida tricolor ensaiou uma vaia quando Ricardo Marques Ribeiro apitou o fim do primeiro tempo.

Partida esquenta

Com a necessidade de vitória, Abel já voltou com Wendel no lugar de Mateus Norton. O Flu melhorou a saída de bola e partiu com tudo para cima do Coritiba.

Dentro do campo rival, o Tricolor conseguiu uma virada de forma avassaladora, em dois minutos. Aos 9, Sornoza cobrou escanteio, Henrique desviou de cabeça, mas o zagueiro Cleber Reis completou o trabalho e jogou contra o patrimônio. Dois minutos depois, Lucas foi ao fundo e cruzou para Henrique Dourado, de cabeça, virar o marcador.

Os gols do Flu acenderam a partida e fizeram o Coritiba se lançar. No prejuízo, Marcelo Oliveira tirou os atacantes Kléber e Getterson do banco de reservas, mas foi um zagueiro quem empatou a partida. Aos 24, Cleber se redimiu e subiu sozinho para cabecear para o gol. Com novo gol pelo alto, Abel Braga foi à loucura à beira do gramado.

Paredões

Não fosse pelas intervenções de Diego Cavalieri e Wilson, a torcida poderia ter visto mais gols no Maracanã. Os titulares das metas de Flu e Coxa tiveram trabalho e se saíram bem na noite de quinta-feira.

Vilão e herói

O Coritiba vencia por 1 a 0 até Cleber desviar uma cabeçada de Henrique e deixar tudo igual. Mas o zagueiro não deixou por menos e se redimiu, mas desta vez a favor. Quando o time perdia por 2 a 1, o jogador subiu ao ataque e cabeceou sem chances para Cavalieri.

Artilheiro com munição

Autor de 30 gols com a camisa do Fluminense na atual temporada, o atacante Henrique Dourado voltou a balançar a rede. A última vez que o camisa 9 tinha marcado havia sido na vitória por 3 a 1 sobre o São Paulo, no dia 18 de outubro.  

Maraca vazio

A vitória sobre o Botafogo não foi suficiente para levar um público maior para o Maracanã. Na partida desta quinta-feira, pouco mais de 10 mil torcedores prestigiaram o Flu. Mais um prejuízo certo para os cofres tricolores.

Flu antenado

O Fluminense aproveitou a partida no Maracanã para promover a final da seletiva de e-sports. O vencedor vai ser o representante do time no Brasileiro de 2017 de Pro Evolution Soccer.

Em 44 partidas, o Flu soma 15 vitórias, 13 empates e 16 derrotas contra o adversário parananense. Equilíbrio marca o confronto histórico.

FLUMINENSE X CORITIBA

Data: 09/11/2017
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Gols: Werley, aos 43 minutos do primeiro tempo; Cleber Reis (contra), aos 9 minutos, Henrique Dourado, aos 11, Cleber Reis, aos 24 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Henrique Dourado, Sornoza (FLU); Rildo, Tiago Real, Mateus Galdezani, Getterson (COR)
Cartões vermelhos: não houve

Fluminense
Diego Cavalieri; Lucas (Matheus Alessandro), Renato Chaves, Henrique e Marlon; Mateus Norton (Wendel), Douglas, Sornoza e Gustavo Scarpa; Marcos Jr. (Wellington Silva) e Henrique Dourado Técnico: Abel Braga.

Coritiba
Wilson; Léo, Werley, Cleber Reis e Thiago Carleto; Jonas, Alan Santos, Tiago Real (Dodô) e Yan (Getterson); Rildo (Kléber)e Henrique Almeida. Técnico: Marcelo Oliveira. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos