Lucas Lima provoca torcida após assistência e vê situação piorar na Vila

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

A derrota de virada do Santos para o Vasco por 2 a 1, na última quarta-feira, na Vila Belmiro, além de ter deixado o sonho do título mais distante, serviu também para piorar a relação do meia Lucas Lima com o torcedor santista.

O camisa 10 era vaiado durante o confronto e reagiu após dar assistência para o atacante Ricardo Oliveira abrir o placar. Depois do belo lançamento, ele virou para o setor das cativas da Vila e levou a mão ao ouvido.

O gesto, que foi o mesmo que causou a revolta dos santistas com Zeca, irritou os torcedores. O lateral, que abandonou o clube após ação judicial, sofreu fortes ameaças após fazer o mesmo gesto no empate do Santos contra o Vitória, no Pacaembu. Em um desembarque do elenco no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, ele chegou a ser agredido durante um protesto. 

Ao término da partida contra o Vasco, a torcida xingou bastante o meia Lucas Lima. O camisa 10, inclusive, se recusou a conceder entrevistas na saída de campo, temendo acontecer coisa pior no protesto da torcida, que xingou e até cuspiu em alguns atletas na saída do gramado.

Apesar do passe a gol, Lucas Lima teve atuação discreta contra o Vasco a ponto de o técnico Elano não esconder que pretende conversar com o jogador na reapresentação do elenco santista nesta quinta-feira, no CT Rei Pelé. O treinador, inclusive, foi enigmático em sua resposta sobre a pergunta de uma possível desconcentração do camisa 10 em jogo. 

"Eu queria poder falar tudo o que eu acho, mas por questão ética e de respeito com os atletas eu converso particularmente com eles. Eu tive uma conversa (Lucas Lima) e deixou aberto que pudesse contar com ele. Não posso direcionar só para ele, todos os jogadores tem sua parcela de vitória e de derrota. Não posso direcionar só para o Lucas Lima, mas amanhã (quinta-feira), na reapresentação, tenho a minha conversa não só com ele, mas com outros atletas para colocar o ponto do que achei do jogo de hoje", disse.

Antes do jogo, Lucas Lima, indiretamente, se envolveu em uma polêmica no clube. O empresário Luiz Taveira, que possui diversos negócios na gestão do presidente Modesto Roma, concedeu entrevista ao site italiano Calciomercato, referência em mercado da bola na Itália, e revelou que o camisa 10 está acertado com o Palmeiras e não fica no Santos para 2018.

Modesto Roma ficou na bronca com a entrevista do agente e, logo após se manifestar ao UOL Esporte, alegando que a opinião de Taveira não tem valor, o empresário negou que tenha dado a entrevista. Ele disse que foi enganado por um jornalista disfarçado de agente de futebol.

O imbróglio foi comentado nos bastidores do clube entre profissionais do departamento de futebol, diretoria, conselheiros e torcedores. Todos sabem que Taveira é bem informado no Santos e, por isso, a maioria acredita que Lucas Lima tenha assinado mesmo um pré-contrato com o Palmeiras.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos