Vitória no clássico ajuda Corinthians a ter melhor sequência do returno

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

Após a vitória por 3 a 2 sobre o Palmeiras no último domingo, o discurso dos jogadores do Corinthians era unânime: superar o maior rival àquela altura daria moral ao líder do Campeonato Brasileiro. Três dias depois, um novo triunfo, diante do Atlético-PR fora de casa, fez o time alvinegro alcançar uma sequência em um returno marcado pela instabilidade.

Até superar o Palmeiras diante de mais de 46 mil torcedores em Itaquera, o Corinthians havia somado apenas 12 pontos em 12 jogos do segundo turno. Com 33% de aproveitamento e apenas oito gols marcados, o líder viu o próprio Palmeiras se aproximar ao diminuir a vantagem de 14 para cinco pontos.

Depois de vencer 14 dos 19 confrontos do primeiro turno, o Corinthians venceu apenas três até a 32ª rodada: derrotou a Chapecoense na primeira rodada do returno e, depois, Vasco e Coritiba.

A vitória por 3 a 2 conquistada por meio de muito volume de jogo no primeiro tempo e uma postura aguerrida na etapa final ajudou, como frisou o elenco, a dar confiança aos atletas. Na zona mista depois do dérbi, os principais líderes do elenco exaltaram o resultado depois da instabilidade.

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Giovanni fez o gol da vitória em Curitiba

"Era um jogo importante. São três pontos como valem os outros. Mas de extrema importância para a nossa autoestima. A gente vinha de jogos ruins e hoje a gente fez um jogo bom. Esse é um passo importante rumo ao nosso objetivo", disse Jô, autor de um dos gols no clássico.

Com seis pontos nas últimas duas rodadas, o Corinthians aumentou a vantagem ara o segundo colocado, o Grêmio, que agora está a oito pontos do líder. O Santos ficou nove pontos do primeiro colocado, enquanto o Palmeiras precisa tirar 11 pontos da equipe do técnico Fábio Carille.

Depois de vencer o Atlético-PR na Arena da Baixada, o treinador corintiano admitiu preocupação com o aspecto físico do time justamente pela entrega do líder no clássico com o Palmeiras.

"Foi um jogo muito difícil, eu tinha muita preocupação com essa partida por conta da intensidade que foi o clássico. Alguns jogadores sentiram, isso foi visível. Atlético tentou pressionar em sua casa, mas saímos muito contentes com o resultado e com o desempenho pelo que aconteceu no final de semana", frisou.

Com os resultados da 33ª rodada, o Corinthians pode ser campeão brasileiro já na próxima quarta-feira. Para isso, basta vencer o Avaí no próximo sábado e o Fluminense na quarta-feira seguinte e, além disso, torcer para o Grêmio empatar com Vitória ou São Paulo 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos