Felipe Melo e Clayson serão julgados pelo STJD na próxima quinta-feira

Do UOL, em São Paulo

O volante Felipe Melo, do Palmeiras, e o atacante Clayson, do Corinthians, serão julgados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na próxima quinta-feira. Ambos foram denunciados pela procuradoria pela confusão ocorrida no intervalo do clássico do último domingo, em Itaquera, pelo Brasileirão.

Felipe e Clayson foram enquadrados no artigo 258, por "assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras do Código". A punição é de uma a seis partidas.

No começo desta semana, a confusão envolvendo os jogadores gerou até uma discussão na rede social. Felipe Melo acusou Clayson de ter cuspido nele. "Que coisa feia". O corintiano respondeu em uma nota oficial falando que havia reagido a uma agressão.

A confusão aconteceu no intervalo da partida entre Corinthians e Palmeiras no último domingo. O time de Itaquera venceu o duelo por 3 a 2.

Expulso no segundo tempo da partida na Arena Corinthians por dar cotovelada em Felipe Bastos, o atacante Deyverson, do Verdão, também será julgado pelo STJD. Ele foi enquadrado no artigo 259 ("praticar jogada violenta"), com possível gancho de um a seis jogos.

Árbitro do clássico em Itaquera, Anderson Daronco será o outro julgado pelo tribunal. Ele foi denunciado por "deixar de observar as regras da modalidade" (artigo 259), com suspensão de 15 a 120 dias em caso de condenação.

Daronco não relatou a confusão entre Clayson e Felipe Melo na súmula da partida. Ele também foi questionado pelo fato de não ter expulsado Gabriel da partida. O volante entrou no gramado após atendimento médico sem autorização. Mas, o árbitro decidiu não puni-lo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos