Presidente corintiano ironiza rival: "Gastou 100 milhões e não ganhou nada"

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, ironizou a campanha do Palmeiras na temporada 2017. Após a vitória corintiana por 1 a 0 sobre o Avaí, o mandatário citou o alto investimento feito pelo rival ao falar sobre a falta de títulos do clube alvinegro na temporada passada.

"Em 2015 nós perdemos jogador, trouxemos outros e ganhamos título. Se for na mesma toada não tem problema nenhum. Corinthians não jogará com dez. Se sair alguém, virá outro jogador", disse Roberto ao explicar o desmanche corintiano após o título brasileiro de 2015.

Indagado sobre a falta de título do Corinthians em 2016 - o time voltou a ser campeão em maio de 2017, no Paulistão -, Roberto fez uma alusão ao investimento do Palmeiras antes da temporada 2017.

"Você quer que ganhe todo ano? Só porque não ganhou o ano passado não serve? Teve time aí que gastou R$ 100 milhões e não ganhou nada. Eu não gastei. E estou na frente", frisou.

O Palmeiras fez contratações milionárias para 2017. Depois de perder o atacante Gabriel Jesus, o clube contratou Borja, Guerra, Felipe Melo, Luan, Juninho, Deyverson, Willian, entre outros.

Apesar do investimento, o Palmeiras foi eliminado pela Ponte Preta na semifinal do Campeonato Paulista, pelo Barcelona-EQU nas oitavas da Libertadores e pelo Cruzeiro nas quartas de final da Copa do Brasil. 

No Campeonato Brasileiro, o time alviverde está a 14 pontos do líder Corinthians. O Palmeiras ainda tem cinco jogos pela frente, com 15 pontos em disputa. A equipe de Alberto Valentim recebe o Flamengo no Allianz Parque neste domingo.

Já o Corinthians, que ergueu a taça do estadual no primeiro semestre, está a cinco pontos de garantir matematicamente o título brasileiro. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos