Topo

Esporte


Há um ano, Léo quase deixou o Cruzeiro. Hoje é titular e não pretende sair

Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Léo celebra título da Copa do Brasil com a camisa do Cruzeiro Imagem: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

12/11/2017 04h00

Léo se tornou titular absoluto do Cruzeiro em 2017. Mas o zagueiro nem sempre foi assim.

Presente em 52 partidas do clube na temporada, todas na condição de titular, o defensor por pouco não deixou o time em 2016. E hoje ele faz planos para encerrar a carreira na Toca da Raposa II.

O defensor de 29 anos tem vínculo até dezembro de 2018 e já sonha com a renovação, mesmo que não haja movimentação por parte da diretoria para estender o acordo.

Torcedor declarado do Cruzeiro, Léo já disse a pessoas próximas que quer pleiteia encerrar a carreira na Toca da Raposa II. O jogador espera renovar o compromisso e seguir na capital mineira por muito tempo.

O curioso é que, no ano anterior, ele chegou a ser oferecido para Corinthians e até América-MG. Contudo, preferiu permanecer no Cruzeiro.

Sem espaço com o técnico Paulo Bento, que ficou no clube entre maio e julho de 2016, o jogador não permaneceria no clube se dependesse do português. Contudo, a saída do comandante mudou o seu futuro.

Mano Menezes voltou ao Cruzeiro em julho do ano passado e, com o retorno do técnico, Léo passou a ter chances. Não é à toa que se tornou titular absoluto da equipe.

Em 2017, Léo mostrou que pode contribuir com o clube. Ele foi campeão da Copa do Brasil e atuou em todos os jogos da competição.

Mais Esporte