Perto do alívio, SP luta para fugir da zona de rebaixamento dos visitantes

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • EDU ANDRADE/FATOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    No último jogo fora de casa, o Tricolor conseguiu sair vitorioso de Goiânia

    No último jogo fora de casa, o Tricolor conseguiu sair vitorioso de Goiânia

O São Paulo está a uma vitória de alcançar a meta estipulada pelos jogadores, de 47 pontos, para o Campeonato Brasileiro. A pontuação também deve expurgar de vez qualquer risco de rebaixamento para a Série B. Mas ainda há uma tabela em que o Tricolor precisa se recuperar. Com apenas 11 pontos, o time do Morumbi é o segundo pior visitante da competição nacional e, às 17h deste domingo, terá a chance de mudar essa história diante do Vasco, no Maracanã.

Até aqui, em 16 jogos longe de casa, o São Paulo somou três vitórias - Botafogo, Vitória e Atlético-GO -, dois empates e 11 derrotas. O desempenho só não é pior do que a Ponte Preta, que tem oito pontos e apenas um triunfo como visitante. O grupo dos quatro piores visitantes tem ainda o Sport, com 14 pontos, e o Bahia, com 15. Curiosamente, na 34ª rodada, apenas os baianos jogarão em casa, contra o Atlético-MG. A Macaca visita o Coritiba e o Leão, o Atlético-GO.

As esperanças são-paulinas por dias melhores longe do Morumbi - e, agora, do Pacaembu - passam pelo desempenho do time sob o comando de Dorival. As três vitórias fora de casa e um dos empates, com o Avaí, saíram já com o atual técnico. As derrotas foram contra Chapecoense, Bahia, Palmeiras, Atlético-MG e Fluminense. Na última vez do Tricolor como visitante, no sábado passado, o Atlético-GO foi a vítima de triunfo por 1 a 0. Antes de Dorival, nos 12 jogos com Rogério Ceni e o interino Pintado, o melhor resultado foi um empate sem gols contra o Sport. No período, a equipe ainda sofreu seis derrotas. 

Para o confronto contra o Vasco neste domingo, Dorival precisará superar alguns obstáculos, além do histórico como visitante. O São Paulo, há quatro jogos sem perder no Brasileirão, vem de empate em casa com a Chape na última quinta-feira e só teve dois dias de treino antes do jogo no Rio de Janeiro. Além disso, será preciso jogar mais uma vez sem o camisa 10 do time, Christian Cueva, que está a serviço da seleção peruana.

Por outro lado, o grande amuleto do Tricolor nos jogos fora de casa estará em campo. Dos nove gols marcados por Hernanes neste retorno ao clube paulista, cinco foram como visitante, diante de Botafogo, Bahia, Palmeiras, Avaí e Atlético-GO. 

FICHA TÉCNICA:
VASCO DA GAMA X SÃO PAULO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 12 de novembro de 2017, às 17h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: José Eduardo Calza e Mauricio Coelho Silva Penna (ambos do RS)

VASCO DA GAMA: Gabriel Felix; Madson, Jomar, Paulão e Henrique; Jean, Evander, Yago Pikachu, Nenê e Paulinho; Andrés Ríos (Luis Fabiano). Técnico: Zé Ricardo.

SÃO PAULO: Sidão, Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei; Petros, Lucas Fernandes, Hernanes e Marcos Guilherme; Pratto. Técnico: Dorival Júnior.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos