Vaiado em vitória do Cruzeiro, Sóbis é defendido por Mano

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

Rafael Sóbis deixou o campo do Mineirão aos 20 minutos do segundo tempo do triunfo sobre o Fluminense para a entrada de Jonata. No caminho percorrido pelo atacante entre o gramado e o banco de reservas, parte da torcida o vaiou.

O pedido de Mano por aplausos ao atacante foi instantâneo e respondido positivamente por parte do público presente. Ao término do confronto, o técnico se manifestou sobre as críticas ao atacante de 32 anos.

"Sóbis acaba de vir de uma lesão, você deve ter visto ele jogar com algumas fitas no joelho. Aquilo é sinal de que a coisa ainda não está 100%. Ele tomou uma entrada forte no primeiro tempo. A famosa paulistinha, tostão e outras coisas mais que se chamam. Para um jogador que não está com a parte muscular 100%, o sofrimento é maior", afirmou.

Mano Menezes ainda falou sobre a possível saída do jogador: "O Sóbis tem dois anos de contrato com o Cruzeiro. Isso responde a situação. Qualquer coisa diferente disso vai depender do jogador, do Cruzeiro, de uma coisa melhor para os dois lados. Diferentemente do Diogo, que tem uma situação para ser resolvida, a do Sóbis está resolvida".

Rafael Sóbis está na mira do Querétaro, do México. Os mexicanos fizeram uma proposta de 2,5 milhões de dólares (R$ 8,12 milhões na cotação atual) para tirá-lo da Toca da Raposa II. O valor agrada aos mineiros, mas a situação política do clube gringo emperra o negócio pela saída do atleta. Caso seja vendido ao ex-clube de Ronaldinho Gaúcho, o jogador receberá R$ 1 milhão por mês - o dobro de seu salário na capital mineira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos