Grêmio usa titulares no Brasileiro pela última vez com várias missões

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeferson Guareze/AGIF

Encaminhar o vice-campeonato, garantir matematicamente a vaga na fase de grupos da Libertadores do ano que vem, dar ritmo aos titulares e, de quebra, conter a ansiedade. O Grêmio pega o São Paulo, nesta quarta-feira (15), com várias missões. A partida da 35ª rodada marca a despedida do time titular do Brasileirão e justamente por isso é importante.

Com Geromel, Arthur, Luan, Barrios e companhia o Tricolor encara a partida em Porto Alegre como um ensaio geral antes de mergulhar de cabeça na final da Libertadores.

No domingo, contra o Santos, o Grêmio usará reservas. Entre os jogos da final pega o Atlético-GO em Porto Alegre igualmente com suplentes. E na última rodada, em Belo Horizonte, diante do Atlético-MG, também não deve escalar titulares, independentemente dos resultados anteriores. O jogo será o primeiro depois da grande final da Libertadores, a ser disputada na Argentina em 29 de novembro.

Antes de pensar e respirar os jogos com o Lanús-ARG, o Grêmio quer resolver sua vida no Brasileirão e ter certeza de que o time está pronto. E estar pronto, nesse caso, não significa só acabar o jogo sem lesão e bem fisicamente. Vai além.

"A gente sabe dos compromissos que temos antes, mas quando tem uma final assim é difícil ficar de lado. Não pensar na final... A gente pensa como vai ser, como não vai ser. A gente quer que chegue logo o dia. Mas temos compromissos, temos jogadores que precisam jogar e ter ritmo. Estamos quase completos, faltam dois ou três jogadores. E aí vamos com tudo. Mas antes, temos que atingir o objetivo de ficar no G4. Depois, vamos com tudo", disse Barrios.

Com 58 pontos, o Grêmio precisa de uma vitória para assegurar lugar no G-4. E, dependendo dos resultados paralelos da rodada, pode ficar mais perto do vice e de sua premiação. Disputar o segundo lugar, competindo em alto nível, é uma saída para manter a cabeça ocupada e o corpo pronto. Outras missões paralelas do duelo com o São Paulo.

"O que precisa ser feito é 'distensionar'. Não podemos ficar um mês pensando em um jogo. Os jogadores precisam focar nos jogos que acontecem antes. Seja para manter ritmo ou buscar nossa pontuação. O trabalho é esse: não colocar carga muito grande no elenco", disse Odorico Roman, vice de futebol do Grêmio.

A partida em casa também é a chance do Grêmio vencer um problema que tem sido crônico. Quando os titulares são escalados no Brasileiro, o Tricolor entende que o rendimento oscila por um freio inconsciente. Um receio de choque mais duro, uma dúvida maior de olho na Libertadores. Diante do São Paulo um dos desafios é passar por cima disso. E depois, sim. Viver a decisão por completo. A partir do apito final nesta quarta-feira, na Arena.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X SÃO PAULO

Data e hora: 15/11/2017 (quarta-feira), às 19h30 (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel (Jailson), Arthur, Ramiro, Luan e Fernandinho (Everton); Lucas Barrios
Técnico: Renato Gaúcho

SÃO PAULO: Sidão; Araruna, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei, Petros, Hernanes, Marcos Guilherme e Maicosuel; Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos