Topo

Esporte


Elano foge de crise com Lucas Lima e prega união "para não ficar pior"

Do UOL, em Santos (SP)

16/11/2017 23h45

Após a derrota do Santos para o Bahia por 3 a 1, de virada, nesta quinta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Elano se mostrou bastante abatido em entrevista coletiva. O treinador tentou fugir de uma possível crise com o meia Lucas Lima, criticado e substituído por ele nos últimos jogos.

Questionado sobre a cobrança que prometeu a Lucas Lima em uma reunião particular após a derrota para o Vasco, também de virada, na semana passada, Elano disse que não cobra apenas o camisa 10 e, sim, todos os jogadores.

O treinador, inclusive, pediu união entre comissão técnica e elenco “para não ficar pior” a situação do Santos no Campeonato Brasileiro. 

“Converso com todos, não posso direcionar só para o Lucas Lima. Tivemos uma conversa geral com todos, continuamos juntos. Temos que conversar, nos acertar e no domingo precisamos estar preparados novamente com grande espírito. Não podemos abaixar a cabeça porque pode ficar pior. Vamos juntos para a Vila tentar vencer”, afirmou Elano.

“Não sei se é emocional, mas todos nós estamos aqui para solucionar. Não abandona o barco nem quando está bem e agora não é diferente. Estamos juntos. Vamos conversar e acertar”, completou.

Elano acredita que o Santos fez um bom jogo, mas saiu derrotado em Salvador por conta de más finalizações e dos erros individuais de seus atletas – casos de Lucas Veríssimo e Jean Mota, que cometeram pênaltis, e Alison, que marcou gol contra. 

“A gente lamenta, pois tivemos um bom volume de jogo. Todos se esforçaram, se dedicaram, mas tomamos o gol de pênalti no melhor momento do jogo. Depois saímos para jogar, acontece. Criamos, mas não concluímos em gol. Tem ter calma, agora, levantar a cabeça”, disse.

“Foram dois de pênalti e um contra. Fico triste pela derrota, mas vamos para Santos pois temos o Grêmio pela frente. Fizemos bons jogos, mas não concluímos bem em gol. Tenho que valorizar a entrega e a luta que eles estão demonstrando”, concluiu.

A equipe santista é a quarta colocada, com 57 pontos ganhos, dois a mais que o Cruzeiro, quinto colocado, com 55 pontos. No entanto, o time mineiro conquistou a Copa do Brasil e já está classificado para a competição continental. O Botafogo, sexto colocado, tem apenas 51 pontos ganhos. O Bahia, por sua vez, sobre para a nona colocação, com 49 pontos, e entra de vez na briga por uma vaga na pré-Libertadores.

Após perder para o Bahia, o Santos encara o Grêmio no próximo domingo, às 19h (de Brasília), na Vila Belmiro, em jogo válido pela 36ª rodada da competição.

Mais Esporte