Com garantia de G4, Palmeiras mira vice e R$ 6 mi extras de "consolo"

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

Com a vaga no G4 do Brasileirão garantida, o Palmeiras agora busca novas motivações para terminar 2017. A meta da vez é ser vice-campeão e ter um prêmio extra de quase R$ 6 milhões.

Essa é a diferença financeira que existe entre terminar o Nacional na 4ª colocação ou como vice-líder.  É isso o que mostra a tabela de premiação da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). 

O Corinthians garantiu R$ 18.069.300,00 como campeão. O segundo colocado embolsará R$ 11.373.040,00 como premiação. Daí em diante, a diferença é grande. Quem ficar em terceiro terá R$ 7.759.170,00 para receber enquanto que o quarto ficará com "apenas" R$ 5.633.370,00.

"Não tem resultado para mim. Tem resultado para o Palmeiras. De verdade, não tem para mim. Tem para o Palmeiras porque o nosso objetivo é ficar na melhor classificação possível. Nós precisamos passar o Grêmio", afirmou o técnico Alberto Valentim.

Com a derrota do Santos, o Palmeiras agora tem quatro pontos de vantagem para a 4ª colocação e está a um do Grêmio, que é o vice-líder. Botafogo e Flamengo, que disputariam a pré-Libertadores de 2018 com a atual classificação, já não alcançam mais o Alviverde.

"A gente precisa pensar no jogo a jogo. Vamos fazer o melhor para que a nossa classificação fique o mais alto possível. Distanciamos de Flamengo e Botafogo agora, mas ainda temos o objetivo de terminar do melhor jeito possível", disse Valentim.

Para encerrar o Brasileirão e buscar o vice, o Palmeiras ainda tem jogos contra o Avaí, em Florianópolis, o Botafogo, em São Paulo, e o Atlético-PR, em Curitiba.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos