Torcedores do Botafogo protestam contra Bruno Silva: "Respeita a camisa"

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

Pouco mais de dez torcedores foram nesta sexta-feira ao Nilton Santos, local da reapresentação do Botafogo após a derrota por 2 a 1 para o Atlético-GO. O principal alvo do protesto era Bruno Silva, que na última quarta fez gesto que estava de saída do clube e gerou revolta na torcida.

Victor Luis foi único que parou o carro e conversou com os torcedores. O lateral esquerdo lembrou que estava se recuperando de lesão e que queria estar em campo para ajudar. Os torcedores, então, aproveitaram para mandar recado a Bruno Silva: "Respeita a camisa, é só isso que a gente quer", disse um deles.

Bruno Silva chegou em seguida. Após causar toda a polêmica, ele parou e tentaria iniciar uma conversa. Porém, um torcedor mais exaltado quase invadiu o veículo, foi contido pelos seguranças, que mandaram o volante entrar no estádio. Vale lembrar que o jogador pediu desculpas pela internet.

Além de Bruno Silva, o desempenho da equipe também não agrada. O Botafogo soma três derrotas nos últimos três jogos em casa e embolou a briga por uma vaga na Libertadores. Os torcedores levaram uma faixa escrito: "Libertadores é obrigação". Gritos de "time ser vergonha" também foram entoados.

O Alvinegro terá São Paulo e Palmeiras em jogos fora de casa e encerra a participação no Brasileiro e na temporada diante do Cruzeiro, no Nilton Santos. O primeiro adversário é o Tricolor, neste domingo, no Morumbi.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos