Corinthians perde chance de recorde contra o Fla, mas ainda tem três metas

Do UOL, em São Paulo

Depois de garantir o hepta na última quarta-feira, o Corinthians voltou a entrar em campo nesse domingo e perdeu por 3 a 0 para o Flamengo na Ilha do Urubu. A derrota na 36ª rodada também evitou que o clube alvinegro quebrasse um recorde.

Caso tivesse vencido, a equipe iria repetir o feito do Cruzeiro de 2013, que derrotou todos os 19 adversários naquele ano. Na edição de 2017, só faltou o Flamengo na lista de vítimas do campeão brasileiro. Além da vitória dos cariocas no segundo turno, o duelo entre eles no primeiro turno terminou empatado.

Porém, apesar disso, o Corinthians ainda tem três objetivos alcançáveis até o fim do Brasileiro. O primeiro deles envolve Jô. O atacante tem 18 gols e é o artilheiro da competição até o momento - o time alvinegro nunca teve o máximo goleador em uma edição do campeonato.

A maior ameaça ao camisa 7 é Henrique Dourado, do Fluminense, que tem 17 gols. O clube tricolor carioca entra em campo nesta segunda-feira, contra a Ponte Preta. Apesar da disputa, Jô garantiu que não vai "secar" o camisa 9.

"Eu estou tranquilo, tenho feito bons jogos, claro que gostaria de ter feito um gol hoje (domingo), mas não gosto de ficar torcendo contra um profissional. Ele defende as cores do Fluminense", afirmou.

Outra meta é estabelecer a maior diferença de pontos do campeão para o vice no Brasileiro de pontos corridos. Até agora, a maior margem foi de 15 pontos em 2007, quando o São Paulo terminou com 77, e o Santos acabou com 62. A atual vantagem do Corinthians para o vice-líder Grêmio é de 10 pontos.

Porém, para ultrapassar a barreira dos 15 pontos, o time alvinegro precisa conquistar a vitória nos dois jogos restantes e torcer para que o clube gaúcho, o Palmeiras, o Santos e o Cruzeiro não vençam mais. Se a equipe alviverde bater o Avaí nesta segunda e chegar aos 63 pontos, o "recorde" já não pode mais ser alcançado.

Por fim, o Corinthians ainda tem a chance de terminar o ano com mais uma marca positiva. Para isso, basta não perder mais. A equipe de Fábio Carille sofreu apenas nove derrotas nos 69 jogos realizados na temporada, o que já é o menor número neste século. A melhor marca até então foi obtida em 2008, quando o time alvinegro perdeu 10 vezes no ano em que disputou a Série B.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos