Rhodolfo e Vizeu são denunciados pelo STJD por briga em jogo do Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro

O zagueiro Rhodolfo e o atacante Felipe Vizeu não passaram impune após trocarem agressões durante a vitória do Flamengo sobre o Corinthians por 3 a 0 no último domingo. Nesta quinta-feira (23), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ofereceu denúncia contra eles as punições poderão ser pesadas para a dupla.

A Procuradoria enquadrou Rhodolfo por dupla agressão física (artigo 254-A) e por ameaçar o adversário (artigo 243-C), ambos do CBJD. A agressão tem como pena suspensão de quatro a 12 jogos, por cada ação, enquanto a ameaça pode render multa de até R$ 100 mil e suspensão de 30 a 120 dias.

Já Felipe Vizeu foi denunciado por agressão (artigo 254-A) e por ofender a honra (artigo 243-F), também do CBJD. O atacante corre risco de suspensão por até 12 jogos no primeiro ato e de um a seis jogos e multa de até R$ 100 mil pela ofensa.

O STJD denunciou o árbitro da partida, Wagner Reway, por não coibir a violência entre os atletas e deixar de punir Vizeu na comemoração do gol com gesto obsceno. Ele responderá por dupla infração ao artigo 260 do CBJD. Por cada ato, Reway pode receber suspensão de 30 a 180 dias, sendo cumulado com multa entre R$ 100 e R$ 1 mil.

Sem multa

Não houve multa em cima do salário e a iniciativa foi aplicada com base nas diretrizes do regulamento interno do departamento de futebol e dos contratos dos jogadores. O diretor Rodrigo Caetano fez um rápido pronunciamento sobre o caso e procurou não dar muitos detalhes do que foi feito pelo clube. A reportagem do UOL Esporte, por sua vez, apurou a informação.

"Essa não é a imagem que queremos e compactuamos. Conversamos com os dois e com o grupo. Eles compreenderam que se excederam na discussão e na cobrança. Aplicamos o que prevê em contrato e no regulamento interno. Qualquer tipo de punição pecuniária não será comunicada. Fica internamente. O que foi feito e o que foi dito ficará 'intramuros'. Se houve multa, não vamos externar", afirmou.

Entenda o caso

A polêmica entre Felipe Vizeu e Rhodolfo ocorreu ao final do primeiro tempo. Após uma cobrança de escanteio que quase resultou em gol do Corinthians, eles bateram boca e foram contidos pelos demais companheiros. O zagueiro chegou a acertar um soco nas costas do atacante. Logo depois, Vizeu fez o terceiro gol dos donos da casa e, na comemoração, mostrou o dedo médio para o defensor.

O clima esquentou e os jogadores precisaram segurar Rhodolfo, que se mostrou disposto a partir para cima de Vizeu. Os dois se entenderam depois do jogo no vestiário. Felipe Vizeu pediu desculpas ao zagueiro no intervalo e houve discussão entre quase todos os atletas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos