Santos bate Fla com erros de Muralha e vai à fase de grupos da Libertadores

Do UOL, no Rio de Janeiro

Contando com falhas do goleiro Alex Muralha, o Santos venceu o Flamengo de virada, por 2 a 1, neste domingo (26), na Ilha do Urubu, e garantiu vaga na fase de grupos da Libertadores. O Rubro-Negro, por sua vez, apostará todas as suas fichas na última rodada, no próximo domingo (03), quando enfrenta o Vitória - que luta contra o rebaixamento - em Salvador (BA).

O primeiro erro de Muralha aconteceu aos 10 minutos do primeiro tempo, quando o goleiro rubro-negro tentou driblar Ricardo Oliveira dentro da área, mas perdeu a bola para o centroavante santista. O camisa 9 rolou para trás e Bruno Henrique empatou a partida.

O outro aconteceu no segundo gol do Santos, quando Arthur Gomes chutou de fora da área e a bola passou por baixo dos braços do goleiro.

Muralha admite falha

Na saída para o intervalo, o goleiro Muralha admitiu a falha no gol de Bruno Henrique.

"Já estou sendo cobrado há um bom tempo. Fizeram uma imagem minha de goleiro fraco, ruim, mas fui infeliz na jogada, pode botar na minha conta. Vamos trabalhar para colocar o Flamengo na Libertadores do ano que vem", disse ao Sportv.

Após a falha, Alex Muralha passou a ser fortemente vaiado a cada vez que tocava na bola. O clima foi de total hostilidade.

Lance polêmico

Aos 42 minutos do primeiro tempo, Ricardo Oliveira recebeu lançamento e foi derrubado por Rafael Vaz. O atacante ficou pedindo pênalti e o árbitro não deu nada. Na saída para o intervalo, Bruno Henrique ficou na bronca.

"Pra que serve o quarto árbitro? Para que serve os caras que ficam atrás do gol? Como não viram o que aconteceu no lance do Ricardo Oliveira?", disse ao Sportv.

De cabeça

Aos 10 minutos do segundo tempo, Rodinei cruzou da direita e Willian Arão ganhou no alto. A cabeçada passou muito perto do gol de Vanderlei. 

Quase gol contra

Aos 12 da etapa final, Rafael Vaz foi tentar cortar um cruzamento da direita de carrinho e quase jogou contra o próprio patrimônio. A bola bateu na trave.

Rafael Vaz vaiado

Alex Muralha não foi o único vaiado na partida deste domingo. Rafael Vaz foi outro perseguido pela torcida, principalmente após quase fazer gol contra.

Cuellar ovacionado 

O volante Cuellar está com prestígio perante à torcida. O colombiano teve seu nome gritado durante a partida na Ilha do Urubu.

Estreante

O jovem Matheus Guedes foi relacionado pela primeira vez entre os profissionais do Santos. Ele é mais um "Menino da Vila".

 

Fla ainda pode ir à fase de grupos. Mas não via Brasileirão

Os cariocas ainda têm a possibilidade de garantir vaga na fase de grupos da Libertadores via Copa Sul-Americana, onde estão na semifinal contra o Junior de Barranquilla (COL) e venceram o primeiro jogo por 2 a 1 no Maracanã. As equipes voltam a se enfrentar nesta quinta na Colômbia.

Flamengo 1 x 2 Santos

Data e horário: 26/11/2017, às 19h (de Brasília)
Local: Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil e Carlos Berkenbrock (SC)
Cartões amarelos: Diego, Felipe Vizeu, Réver (FLA); Matheus Oliveira, Jean Mota (SAN)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Lucas Paquetá, aos 6 minutos do primeiro tempo (FLA); Bruno Henrique, aos 10 minutos do primeiro tempo (SAN); Arthur Gomes, aos 28 minutos do segundo tempo (SAN)

Flamengo: Alex Muralha; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Renê; Cuéllar, Willian Arão (Vinicius Júnior) e Diego (Geuvânio); Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e Felipe Vizeu (Lincoln)
Técnico: Reinaldo Rueda

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Fábian Noguera, Luiz Felipe e Jean Mota; Alison, Renato, Vecchio; Copete (Arthur Gomes), Ricardo Oliveira e Bruno Henrique (Matheus Jesus).
Técnico: Elano

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos