Tudo ou nada: Atlético-PR visita Avaí em duelo por últimas esperanças no BR

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Cleber Yamaguchi/AGIF

    Lucas Fernandes vai reencontrar mais uma vez seu ex-clube

    Lucas Fernandes vai reencontrar mais uma vez seu ex-clube

Um joga as últimas chances de permanecer na elite nacional para 2018; outro, busca se manter vivo na possibilidade de voltar à Libertadores na próxima temporada, seja por G7, 8 ou 9. É nesse clima de tudo ou nada que o Avaí vai receber o Atlético-PR neste domingo, 17h, na Ressacada em Florianópolis.

O clima criado pela equipe catarinense é de final. O último treino do Avaí foi realizado com portões abertos para a torcida. O clube também reduziu o valor dos ingressos para R$ 10 para quem foi com a camisa avaiana, com o aval da CBF.

A medida desagradou os atleticanos, que terão de pagar R$ 60 mediante o artifício de promoção apenas com a camisa dos mandantes. Um grupo de torcedores do Furacão chegou a protocolar uma reclamação no PROCON-SC na sexta-feira, o que não deve surtir efeito até o início do jogo.

Seja como for, o Atlético vai encarar um alçapão montado pelo 19º colocado, que precisa vencer sob pena de já ser rebaixado na rodada, dependendo dos resultados de Ponte Preta x Vitória, Coritiba x São Paulo e Fluminense x Sport. Por sua vez, o Furacão que visita o Avaí só se mantém com esperanças de disputar pela sexta vez a Libertadores se triunfar. Uma combinação de resultados pode colocar o Atlético na 8ª posição ao final da rodada, com sorte a apenas um ponto do 7º colocado.

"Vamos enfrentar uma equipe que tem um jogo de vida ou morte. Temos que ter cautela, jogar o mais seguro possível, pois o Avaí vai tentar fazer o gol e segurar. Nossa equipe tem que ter tranquilidade, sem fazer coisas exageradas, ficar com a bola e impor o nosso ritmo de jogo", projetou o atacante Lucas Fernandes, que defendeu o Avaí em 2016 antes de se transferir para o próprio Atlético.

"A Ressacada vai estar lotada, eles sabem que precisam da força da torcida, a torcida sabe que precisa apoiar o time. Conversei com amigos de lá, falaram que vai estar cheio, vão empurrar do começo ao fim. Vai ser um jogo muito difícil, o campeonato é muito nivelado. Vamos tentar fazer um grande jogo, esquecer um pouco o que vai estar fora de campo", comentou o jogador, que por sinal pode fazer uma das últimas partidas dele pelo Furacão.

Lucas Fernandes pertence ao Fluminense e, depois de atuar emprestado pelo Avaí, teve destaque no Atlético ano passado, mas o Furacão não quis exercer o direito de compra. Ele retornou ao Flu, mas não ficou e foi reemprestado. "A minha situação aqui depende muito da diretoria, dos empresários, do interesse dos clubes. Mas eu me sinto muito feliz aqui, fiquei feliz de ter retornado, espero que a coisa ocorra da melhor maneira para ambos os lados", despistou.

AVAÍ X ATLÉTICO-PR

Local: Ressacada, Florianópolis (SC)
Data e hora: 26/11/2017, às 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Bruno Raphael Pires (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Avaí
Douglas; Maicon, Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Pedro Castro e Marquinhos; Maurinho, Junior Dutra (Luanzinho) e Romulo (Lourenço).
Técnico: Claudinei Oliveira

Atlético-PR
Weverton; Jonathan, Paulo André (Wanderson), Thiago Heleno e Fabrício; Esteban Pavez, Lucho González e Guilherme; Felipe Gedoz (Sidcley), Lucas Fernandes e Douglas Coutinho (Éderson).
Técnico: Fabiano Soares

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos