Vascaínos desabafam após vaga na Libertadores: "Ninguém acreditava"

Do UOL, em São Paulo

Em tom de desabafo, os jogadores do Vasco comemoram a vaga do time cruzmaltino na Copa Libertadores de 2018, assegurada com o triunfo por 2 a 1 sobre a Ponte Preta neste domingo num São Januário lotado.

"Ninguém acreditava na gente, só os jogadores e a diretoria. Agora é comemorar e aproveitar as férias", disse à rádio CBN o lateral direito Madson, que por pouco não foi emprestado nesta temporada e agradeceu ao presidente Eurico Miranda pela permanência no clube.

"Tive paciência e quando surgiu a oportunidade eu soube agarrar. Tenho uma história muito intensa com o Vasco. Já fui campeão, rebaixado, consegui o acesso e agora coloquei o Vasco na Libertadores".

Outro que desabafou foi Wellington, volante que chegou em maio sob desconfiança da torcida, mas cresceu de produção depois da chegada do técnico Zé Ricardo.

"Ano passado fiz dois jogos no ano. Eu sabia da minha capacidade. Quando cheguei, tomei muita porrada, ninguém esperou. Sabia da minha qualidade e do meu interesse", afirmou.

Uma das revelações que ganharam chance no time cruzmaltino nesta temporada, o meia Evander enalteceu o elenco. "O grupo todo de parabéns por essa temporada. Depois de muitas críticas mostramos a força que esse grupo tem. Que o próximo ano seja de muitos títulos e vitórias".

Em vídeo postado nas redes sociais após a vitória sobre a Ponte, o Vasco agradeceu "a quem nunca duvidou".

Antes apontada como candidata ao rebaixamento, a equipe cruzmaltina fechou o Brasileiro na sétima colocação, com 56 pontos, e a princípio vai disputar a fase preliminar da Libertadores - caso o Flamengo conquiste a Sul-Americana, o time tem vaga direta nos grupos do torneio continental.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos