Grama sintética e venda de mando "fora do estado" são liberadas pela CBF

Pedro Ivo Almeida e Rodrigo Mattos

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

O Conselho Técnico reunido na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) aprovou duas mudanças importantes no regulamento do Campeonato Brasileiro de 2018. O uso de grama sintética, como da Arena da Baixada – estádio do Atlético-PR -, está liberado, assim como a venda de mando de jogos para fora do estado de origem do clube que negociar a partida, com exceção de confrontos agendados para as últimas cinco rodadas da competição.

As duas aprovações contradizem o pré-estabelecido para o regulamento do Brasileiro em 2018. O Atlético-PR, único clube que tem um estádio com grama sintética na Série A, seria proibido de atuar em sua arena, caso o terreno fosse mantido. A decisão das equipes no conselho arbitral da competição desta segunda-feira, entretanto, reverte a decisão anterior e favorece o time da capital paranaense, que segue normalmente com a sua casa.

Já em relação à venda de mando de campo, os clubes optaram por retornar, em parte, ao regulamento antigo. O veto de poder receber jogos apenas em seu estado acabou derrubado, mas com um porém: os clubes são liberados a negociarem apenas cinco mandos durante todo o campeonato; todos eles antes das cinco últimas partidas como mandantes na competição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos