Vítima de erro da arbitragem, Everton Ribeiro desabafa: "Fico indignado"

Do UOL, no Rio de Janeiro

Everton Ribeiro não escondeu o descontentamento com a injusta expulsão que sofreu logo no começo do empate por 2 a 2 entre Flamengo e Vitória, neste sábado (14), em Salvador. A bola bateu no rosto do meia, mas o árbitro Wagner Reway assinalou pênalti e ainda o expulsou.

"Não passou nem perto da minha mão. Tentei ajudá-lo e disse que não havia batido. O auxiliar também não viu. Fico indignado. Atrapalhou o time, o meu próximo jogo e um trabalho bem feito de duas semanas", afirmou ao Sportv.

"Não deu nem tempo de tentar me proteger. Espero que ele possa rever o lance e melhorar para que não atrapalhe mais ninguém", completou.

Questionado se o movimento de levantar os braços poderia ter confundido o juiz Wagner Reway, Everton Ribeiro rebateu.

"Fiz um movimento de proteção, mas não deu nem tempo. Ele tinha absoluta certeza que bateu na minha mão. Não influenciou. O árbitro ao lado do gol não está dando conta", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos