Técnico do Atlético-MG dá bronca em Róger Guedes: "Não pode desperdiçar"

Do UOL, em Belo Horizonte

Um contra-ataque nos minutos finais da partida, quando o Atlético-MG tinha quatro atletas contra três do Vasco. A chance perfeita para vencer o jogo, certo? Róger Guedes, contudo, preferiu um passe de calcanhar.

O toque do atacante foi parar nos pés de um jogador da equipe adversária. Na sequência do lance, Rildo foi derrubado por Bremer na grande área e o árbitro André Luiz Freitas de Castro (GO) marcou pênalti para o mandante.

O lance fez com que a torcida do Atlético que foi ao estádio São Januário se irritasse com o atleta que está na Cidade do Galo por empréstimo.

"Com certeza [é preciso um puxão de orelha]. As oportunidades estão aí para ser agarradas e não podemos desperdiçar um contra-ataque como esse que desperdiçamos", disse Thiago Larghi ao ser questionado sobre o atacante que entrou no segundo tempo do duelo.

Perguntado sobre uma possível punição a Róger Guedes, o técnico interino optou por uma declaração mais amena. A intenção é que o erro do atleta seja avaliado internamente pelo departamento de futebol.

"Eu acho que a gente tem que avaliar internamente, dar apoio ao jogador a partir do momento que ele está empenhado em produzir. Ele querendo trabalhar terá novas chances para jogar também", declarou.

UOL Cursos Online

Todos os cursos