Fluminense supera expulsão, bate Cruzeiro e vence a 1ª no Brasileiro

Do UOL, em São Paulo

O Fluminense ficou com um jogador a menos por mais de 80 minutos depois que Gilberto foi expulso no começo do primeiro tempo, mas a equipe soube se fechar bem, segurou a pressão cruzeirense e saiu de campo vitoriosa neste domingo (22). Com gol de Pedro, o time carioca bateu o Cruzeiro, no Maracanã, por 1 a 0 e conquistou a primeira vitória no Campeonato Brasileiro.

Com o triunfo, o time tricolor soma os primeiros três pontos no Brasileirão, enquanto o clube mineiro segue zerado com duas derrotas em dois jogos até o momento. Na estreia, as duas equipes tropeçaram. Os cariocas perderam para o Corinthians, fora de casa, enquanto os mineiros foram derrotados pelo Grêmio em pleno Mineirão.

O Cruzeiro volta a campo na próxima quinta-feira, quando recebe a Universidad de Chile no Mineirão pela Libertadores. A equipe celeste está pressionada na competição e ocupa apenas a terceira colocação no grupo 5, com dois empates e uma derrota. Já no próximo domingo, os mineiros visitam o Internacional pela 3ª rodada do Brasileiro, mesmo dia de Fluminense x São Paulo, no Maracanã.

O melhor: Pedro

Thiago Ribeiro/AGIF
Pedro fez o gol da vitória do Fluminense

O camisa 9 do Fluminense fez o único gol do jogo e teve papel importante no ataque. O centroavante conseguiu segurar a bola mesmo isolado na frente e também se desdobrou para ajudar na marcação quando necessário. No segundo tempo, ele saiu com câimbras e foi muito aplaudido pela torcida no Maracanã.

O pior: Mancuello

O Cruzeiro não conseguiu aproveitar a vantagem numérica e até dominou a posse de bola, mas sofreu para assustar o gol de Júlio César. Mancuello foi um dos jogadores que pecou no ataque. Escalado como titular, o argentino não criou, não chegou muito à frente e acabou substituído por Arrascaeta aos 15 do segundo tempo, quando os cariocas já venciam por 1 a 0.

Gilberto leva vermelho de forma direta

Aos 14 da etapa inicial, Sassá, que foi titular pela primeira vez na temporada, dominou de peito no meio de campo, girou para cima da marcação e ia puxando contra-ataque em velocidade para o Cruzeiro quando foi atingido por Gilberto. O lateral-direito deu uma "voadora" na cabeça de Sassá e recebeu o cartão vermelho de forma direta, mesmo sem ter amarelo.

Primeiro tempo sonolento

Mesmo com um jogador a mais, o Cruzeiro encontrou dificuldades para criar perigo na primeira etapa. Os mineiros tiveram mais posse de bola, mas pecaram na hora da finalização e não aproveitaram a vantagem numérica ao final do primeiro tempo. Nos 45 minutos iniciais, nenhum dos times assustou muito o gol adversário.

Pedro marca "sem querer"

Em busca do gol no segundo tempo, Mano Menezes voltou do intervalo com o atacante David no lugar do volante Lucas Silva, mas quem abriu o placar foi o Fluminense. Aos três minutos da etapa final, Sornoza cruzou na área, Gum desviou de cabeça, a bola bateu no rosto de Pedro, enganou o goleiro Fábio e foi para a rede.

Trave salva o Flu

Aos 32 da etapa final, o Cruzeiro só não empatou por causa da trave. Dedé ganhou bola no alto, David tentou pela esquerda, e Arrascaeta acertou a trave. Na sobra, Frazan salvou chute de Dedé em cima da linha. Por fim, Gum afastou o perigo e mandou para escanteio.

Júlio César faz milagre nos acréscimos

O árbitro deu oito minutos de acréscimo, e Júlio César evitou o empate nos minutos finais com um milagre. Arrascaeta chutou à queima roupa após cruzamento de Rafinha, e o goleiro do Fluminense conseguiu fazer a defesa com o pé direito para salvar os cariocas.

Estreia no Flu

Nos acréscimos do segundo tempo, Abel Braga trocou Sornoza pelo estreante Luan Peres. O zagueiro, que estava na Ponte Preta, foi contratado por empréstimo com contrato válido até o final da temporada.

Seca de gols

O Cruzeiro vive momento ruim no setor ofensivo. A equipe comandada por Mano Menezes não faz um gol há três jogos. Além de sair zerado contra o Fluminense, o time mineiro também passou em branco contra Grêmio e Universidad de Chile.

Tite no Maracanã

O técnico da seleção brasileira, Tite, esteve em um dos camarotes do Maracanã para acompanhar a partida entre Fluminense e Cruzeiro. O treinador divulgará a lista de convocados para a Copa do Mundo no início de maio.

FLUMINENSE 1 X 0 CRUZEIRO

Data/hora: 22/04/2018, às 16h (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
Público: 8.671 pagantes/10.16 presentes
Renda: R$ 263.145,00
Cartões amarelos: Renato Chaves, Pedro e Julio Cesar (Fluminense); Dedé e Arrascaeta (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Gilberto (Fluminense)
Gol: Pedro, aos 3 minutos do 2º tempo 

Fluminense
Júlio César; Renato Chaves, Gum e Frazan; Gilberto, Richard, Jadson, Sornoza (Luan Peres) e Ayrton Lucas; Pedro (Douglas) e Marcos Junior (Pablo Dyego)
Técnico: Abel Braga

Cruzeiro
Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Marcelo Hermes; Lucas Silva (David), Henrique, Mancuello (Arrascaeta), Robinho e Thiago Neves; Sassá
Técnico: Mano Menezes

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos