Dudu marca, Palmeiras vence o Inter no Pacaembu e ameniza pressão

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras conseguiu a única solução possível para amenizar a turbulência que rondava o clube nas últimas semanas: vencer. Neste domingo (22), o Alviverde superou o Internacional por 1 a 0, no estádio do Pacaembu, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro e encerrou a sequência de três tropeços consecutivos na temporada. O atacante Dudu foi o autor do gol do triunfo.

As duas equipes entraram em campo em situação delicada. O Palmeiras vinha de derrota na final do Campeonato Paulista para o Corinthians e dois empates seguidos – Boca Juniors, pela Libertadores, e Botafogo, na estreia do Brasileirão. O Inter, por outro lado, estreou com vitória sobre o Bahia no Brasileirão, mas foi eliminado da Copa do Brasil pelo Vitória no meio de semana.

Diante desse cenário, os dois times travaram um duelo bastante disputado, mas com pouco brilho no Pacaembu. Melhor para o Palmeiras, que conseguiu superar a pressão nos primeiros minutos e tomou o controle da partida para construir o placar.

Com o resultado, o Palmeiras chega a quatro pontos e sobe para a quinta colocação, enquanto o Inter estaciona nos três pontos e fica em nono.

O próximo compromisso do Palmeiras é diante do Boca Juniors, em La Bombonera, na quarta-feira (25), pela Libertadores. Na sequência, a equipe recebe a Chapecoense pela terceira rodada do Brasileirão. Já o Inter tem uma sequência complicada na competição. O Colorado enfrenta Cruzeiro (em casa) e Flamengo (fora) antes do clássico contra o Grêmio nas próximas rodadas.

Dudu faz o gol da vitória, mas não comemora

Dudu foi o responsável por anotar o gol que garantiu a vitória da equipe no Pacaembu. Aos 39 minutos do primeiro tempo, o atacante entrou em livre de marcação dentro da área e desviou de cabeça o bom cruzamento de Diogo Barbosa para abrir o placar. Apesar do gol, o capitão alviverde não comemorou – reflexo da pressão que a equipe vem sofrendo nas últimas semanas.

Lucas Lima aproveita nova chance e é aplaudido

Daniel Vorley/AGIF

Correndo o risco de ser sacado do time após atuações ruins, Lucas Lima ganhou mais um voto de confiança de Roger Machado e correspondeu bem. O meia se doou na marcação e brigou muito por cada bola. Na parte ofensiva, começou errando alguns lances e irritando a torcida, mas acabou tendo papel decisivo: um lindo lançamento para Diogo Barbosa cruzar na cabeça de Dudu, que abriu o placar. Depois do gol, Lucas ganhou confiança e subiu de nível em campo.

No segundo tempo, o camisa 20 quase foi coroou a atuação com um gol. Aos 20 minutos, ele recebeu passe de Borja entrada da área e bateu colocado. A bola carimbou o pé da trave esquerda. Substituído aos 30 minutos para a entrada de Moisés, Lucas Lima foi aplaudido pelos 25.504 torcedores.

Borja perde gol inacreditável

De volta ao time do Palmeiras após dores no joelho que o tiraram da estreia contra o Botafogo, Borja chamou atenção negativamente pelo gol incrível que perdeu no primeiro tempo. Após Keno bater cruzado e Danilo Fernandes espalmar, a bola sobrou limpa para o centroavante, mas ele errou o gesto da cabeçada e acabou mandando por cima do gol vazio. O camisa 9 ainda teve chance em cobrança de escanteio, em cabeçada perigosa, também para fora.

Após bom início, Inter para na marcação e cria pouco

Com um meio-campo formado por Rodrigo Dourado, Edenilson e Camilo, o Internacional levou pouco perigo à defesa do Palmeiras e acionou pouco tanto William Pottker na frente quanto Nico López e Patrick pelos lados. O time alviverde encaixou bem a marcação e competiu bastante no meio-campo. O colorado só conseguiu levar perigo em roubadas de bola na saída do adversário, especialmente nos primeiros minutos, obrigando Jailson a duas boas defesas.

A melhor chance aconteceu logo aos três minutos, quando Camilo cobrou escanteio e, após desvio de cabeça de Pottker, a bola sobrou para Gabriel Dias dentro da área. O goleiro palmeirense fez grande defesa para salvar a equipe.

Palmeiras volta a sofrer na saída de bola

Com Lucas Lima recuando pouco para receber a bola, por instruções de Roger, o Palmeiras se viu bloqueado pelo Internacional na saída. Edenilson e Camilo grudaram em Felipe Melo e Bruno Henrique, e o time alviverde não conseguia acionar seu quarteto ofensivo com a bola no chão. O resultado foram muitos lançamentos diretos e algumas perdas perigosas de bola no campo defensivo. Em uma delas, Pottker arrancou e bateu de fora, para boa defesa de Jailson.

Novidade, Dracena vai bem pelo alto e por baixo

Ale Cabral/AGIF

A principal novidade do Palmeiras foi a presença de Edu Dracena no lugar de Thiago Martins. Fazendo sua estreia como titular no ano, o veterano de 36 anos fez bom jogo, com bom posicionamento e ganhando praticamente todos os duelos aéreos com William Pottker. Pelo chão, também esteve seguro, graças à marcação firme do meio-campo que não deixou o Inter acionar a velocidade do ataque.

Damião tem gol mal anulado

Em desvantagem no placar, o Inter se lançou com mais ímpeto ao ataque na segunda etapa e pressionou o adversário. O Colorado poderia ter chegado ao empate, não fosse um erro da arbitragem. Aos 28 minutos, Leandro Damião - que não atuava desde o dia 21 de fevereiro - recebeu passe nas costas da defesa palmeirense, dominou e bateu rasteiro para o gol. O bandeira assinalou impedimento na origem do lance, mas o centroavante estava na mesma linha que o último defensor no momento do passe.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 1 x 0  Internacional
Local:
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 22/04/2018
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia e Silbert Faria Sisquim (RJ)

Gols: Dudu, aos 39 minutos do 1º tempo

Cartões amarelos: Bruno Henrique, Felipe Melo; Iago, Rodrigo Dourado

Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Bruno Henrique e Felipe Melo; Dudu (Willian), Lucas Lima (Moisés) e Keno; Borja (Deyverson). Técnico: Roger Machado

Internacional: Danilo Fernandes; Gabriel Dias (Fabinho), Klaus, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado; Nico López (Leandro Damião), Edenilson, Camilo (D'Alessandro) e Patrick; William Pottker. Técnico: Odair Hellmann

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos