Rodriguinho brilha novamente, e Corinthians atropela o Paraná

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians passou o Paulistão inteiro buscando um camisa 9 para substituir Jô, vendido no fim do ano passado. Sem opções, Fábio Carille decidiu adiantar Rodriguinho para o ataque. Neste domingo, o meia mostrou mais uma vez que o sistema ofensivo tem funcionado muito bem desta forma.

Atuando em Curitiba, o time alvinegro goleou o Paraná Clube por 4 a 0, gols de Rodriguinho, Sidcley, Clayson e Gabriel.

Com esse resultado, o Corinthians soma duas vitórias em dois jogos no Campeonato Brasileiro.

Na quarta-feira, o time paulista terá compromisso contra o Vitória, pela Copa do Brasil.

Como "falso 9", Rodriguinho fez gols contra o São Paulo e Palmeiras, nas semis e finais do Estadual, respectivamente. Decisivo no título do Paulistão e na vitória contra o Fluminense, na abertura do Brasileirão, o camisa 26 anotou mais um gol, desta vez contra o Paraná.

O melhor: Sidcley

Cleber Yamaguchi/AGIF
Sidcley celebra o segundo gol do Corinthians

Vaiado pela torcida paranista pelo seu histórico no Atlético-PR, Sidcley foi uma excelente peça ofensiva do Corinthians no jogo. O atleta teve participação direta nos dois gols do Corinthians na etapa inicial: deu assistência para o primeiro gol, marcado por Rodriguinho, e anotou o segundo gol do time.

O pior: Alemão

Lateral-direito do Paraná, Alemão viu os gols do Corinthians na etapa inicial nascerem pelo seu setor. Sidcley teve espaço para iniciar as jogadas dos gols alvinegros.

Corinthians: frio e letal

O Corinthians tem se especializado em fazer a leitura do jogo. Quando é ameaçado, o time de Fábio Carille se fecha. Nas chances de gol, o time se mostra eficiente.

O time paulista aguentou pressão inicial do Paraná nos 15 min iniciais de jogo. Cássio fez grande defesa em chute cruzado de Raphael Alemão.

Até então, o Corinthians não ameaçava o rival. Mas bastaram dois ataques agudos em apenas 2 minutos (24 e 26 minutos da etapa inicial) para o Corinthians abrir 2 a 0.

No segundo tempo, a cena se repetiu. Sem precisar ter muito volume na área adversária, o Corinthians deixou mais dois gols, feitos por Clayson e Gabriel. 

Rodriguinho matador

Rodolfo Buhrer/Estadão Conteúdo

Enquanto não leva a campo um autêntico camisa 9, o Corinthians vai aproveitando a fase "atacante" do meia Rodriguinho. A jogada do gol começou em uma  tabela de Sidcley com Matheus Vital. O lateral-esquerdo invadiu a área e chutou cruzado. Rodriguinho apareceu livre dentro da pequena área, tendo só o trabalho para empurrar para o gol.

Para as próximas rodadas, Rodriguinho terá um concorrente no ataque: Roger, atacante contratado na semana passada.

Corinthians amplia para 2 a 0

O segundo gol saiu logo em seguida ao tento anotado por Rodriguinho. Não deu tempo para o Paraná respirar. Muito bem na partida, Sidcley arrancou em velocidade e finalizou com força, ampliando a vantagem alvinegra.

Paraná coloca ex-corintiano para tentar o gol

Com dificuldade na articulação das jogadas ofensivas, o Paraná levou a campo na etapa final o meia Matheus Pereira. O meia foi revelado no Parque São Jorge, mas teve pouco espaço no profissional. Em seu primeiro lance no jogo deste domingo, Pereira deu passe para Alemão, que quase marca.

Paraná não consegue penetrar; Corinthians 'cozinha' o jogo

Com 2 a 0 no placar, o Corinthians administrou a vantagem no segundo tempo. Com a bola nos pés, o time paulista trocava passes e distribuía o jogo. Henrique e Balbuena fizeram partida segura. O Paraná, por sua vez, teve em Raphael Alemão sua principal figura ofensiva. O atacante se movimentou bastante e proporcionou as melhores chances.

Clayson e Gabriel transformam vitória em goleada

Sem pressa, o Corinthians controlou o Paraná e ainda deu tempo para marcar mais dois gols. Clayson aproveitou cruzamento de Fagner e marcou o terceiro. O volante Gabriel fechou a conta, anotando o quarto gol, em um chute rasteiro no canto.

Estádio lotado e grande festa paranista

A carga total de ingressos para a partida foi vendida dias antes do duelo. Mais de 16 mil torcedores compareceram à Vila Capanema. Antes da partida, o departamento de marketing do Paraná divulgou o jogo como o "embate dos loucos", ressaltando a paixão dos torcedores das duas equipes.

PARANÁ 0 X 4 CORINTHIANS

Data/hora: 22/04/2018, às 11h (de Brasília)

Local: estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR)

Árbitro:  Péricles Bassols (PE)

Auxiliares: Clóvis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite

Cartões amarelos: Jhonny Lucas (PAR), Romero (COR)

Gols: Rodriguinho (COR), aos 24 min do 1º tempo; Sidcley (COR), aos 26 min do 1º tempo; Clayson (COR), aos 34 min do 2º tempo; Gabriel (COR), aos 40 min do 2º tempo.

Paraná Clube

Richard (Luiz Carlos); Alemão, Jesiel, Rayan e Mansur; Jhonny Lucas, Wesley (Matheus Pereira), Caio Henrique; Raphael Alemão (Vitor Feijão), Silvinho e Carlos.

Técnico: Rogério Micale

Corinthians

Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Renê Júnior, Gabriel, Matheus Vital (Pedrinho), Rodriguinho e Jadson (Clayson); Romero (Marquinhos Gabriel)

Técnico: Fábio Carille

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos