Sem comemorar após gol, Dudu desabafa: "Às vezes você não vale nada"

Do UOL, em São Paulo

Autor do gol da vitória do Palmeiras sobre o Internacional neste domingo (22) no Pacaembu, o atacante Dudu não comemorou após completar de cabeça o cruzamento de Diogo Barbosa. Depois do confronto, o capitão alviverde explicou a decisão de não ter se manifestado ao balançar a rede.

"Eu sou um cara muito emotivo, sempre procuro dar o meu melhor e às vezes as pessoas não reconhecem. Às vezes, quando você empata dois jogos, você não presta, não vale nada. Então acho que não quis comemorar por causa disso. E se a gente tiver um mau resultado nos próximos jogos, vamos voltar a não valer nada", desabafou Dudu em entrevista ao Sportv.

O Palmeiras passou a conviver com a pressão depois de tropeços consecutivos nos últimos jogos. A equipe perdeu a final do Campeonato Paulista para o Corinthians e, na sequência, empatou duas partidas consecutivas - contra o Boca Juniors, pela Libertadores, e Botafogo, na estreia do Brasileirão. Nas duas ocasiões, o time comandado por Roger Machado saiu na frente, mas não conseguiu sustentar a vantagem.

Neste domingo, porém, o Palmeiras mostrou postura diferente e, apesar não ter apresentado um grande futebol, segurou a pressão do Inter para garantir o triunfo por 1 a 0. Vale lembrar que o time gaúcho teve um gol mal anulado pela arbitragem, que anotou impedimento de Leandro Damião na segunda metade da etapa final.

O técnico Roger também reclamou das críticas em cima da equipe depois dos resultados negativos. Na visão do treinador, as cobranças acabam interferindo no desempenho dentro de campo.

"Não posso me mover pelo que acontece do lado de fora. É muito fácil analisar assim. Estava há três jogos sem vitória e agora está há três sem derrota. Não posso analisar futebol dessa forma. Foi o que eu disse hoje, fizemos um jogo regular para bom. Contextualizando por esse momento externo que coloca pressão internamente, a gente pode ficar os primeiros 10 minutos com um pouco mais de ansiedade. Mesmo que a gente tente blindar o vestiário, essas coisas acabam afetando" disse o comandante em entrevista coletiva.

Na próxima quarta-feira (25), o Palmeiras entra em campo contra o Boca Juniors, pela Libertadores. O confronto vale a liderança do Grupo 6 da competição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos