Com golaço aos 46 do segundo tempo, Bota vence Grêmio no Rio

Do UOL, no Rio de Janeiro

Um golaço do lateral Gilson, aos 46 do segundo tempo, deu a vitória do Botafogo por 2 a 1 sobre o Grêmio. Os outros gols no Nilton Santos foram marcados por Brenner e Michel.

Se no primeiro tempo os torcedores viram um bom espetáculo na casa alvinegra, a etapa final ficou marcada pela emoção e menor qualidade técnica. Com um time praticamente reserva, o Grêmio teve dificuldades de conjunto diante de um adversário que, mesmo com limitações, arrancou a vitória.

Na próxima rodada do Brasileiro, o Botafogo visita o Cruzeiro, às 16h, no Mineirão. No mesmo dia o Tricolor gaúcho recebe o Santos, às 19h, na Arena do Grêmio.

Bem jogado

Com dois times claramente ofensivos, Botafogo e Grêmio proporcionaram um bom espetáculo para os torcedores que trocaram um bonito dia de praia no Rio de Janeiro pelo jogo, especialmente no primeiro tempo.

Recheado de reservas, o Grêmio manteve a sua ideia de jogo já tradicional. Com mais entrosamento, o Botafogo foi mais perigoso na primeira metade e quase marcou já aos 3 minutos, quando Matheus Fernandes carimbou a trave de Paulo Victor. Em outra excelente chance, Paulo Victor impediu o gol em cabeceio de Igor Rabello. O Tricolor respondeu com Alisson, mas o gremista mandou por cima do gol de Jefferson.

Quando o empate sem gols parecia inevitável na primeira etapa, os times acertaram a pontaria e tiraram o zero do placar. Pouco depois de ser parado por Paulo Victor, Brenner acertou um bom chute e venceu o goleiro rival. A alegria alvinegra durou muito pouco: dois minutos depois, Igor Rabello jogou contra o patrimônio e cabeceou para marcar contra e deixar tudo igual. O árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo informou que só no final da partida decidiria sobre a autoria do gol. 

Gol no fim

Os times retornaram ao jogo com a mesma proposta ofensiva da primeira metade, mas faltou qualidade técnica de parte a parte. Com as duas equipes errando individualmente, os espaços aumentaram em campo.

Apesar das brechas mais generosas, Botafogo e Grêmio esbarraram em suas limitações técnicas e também físicas, já que a queda de ritmo ficou evidente. Em uma das chances mais claras, Madson cruzou e Luan bateu por cima de Jefferson. Um pouquinho depois, o Botafogo também desperdiçou a sua melhor possibilidade para desempatar: Ezequiel entrou desequilibrado na área e concluiu mal.

Os dois técnicos fizeram mexidas no ataque, as equipes ainda ensaiaram uma pressão nos minutos finais do confronto, mas foi um defensor que resolveu. Com um chute forte, Gilson fez o gol já nos acréscimos e decidiu o duelo a favor dos mandantes. 

Sequência quebrada

Após oito jogos inteiros sem levar gol, o Grêmio viu sua meta ser vazada com o gol de Brenner. Somado o tempo em que ficou invicto diante do Botafogo, o Grêmio somou 782 minutos sem levar um gol sequer. O último havia sido marcado por D'Alessandro, do Inter, no dia 23 de março.

Tite ficou em casa

O técnico Tite tinha a intenção de observar jogadores selecionáveis de perto. Como Renato optou por escalar um Grêmio cheio de reservas, o comandante da seleção brasileira não foi ao Nilton Santos. Cotado para ir ao Mundial, Pedro Geromel não saiu do banco. Outro que chama atenção, Arthur sequer foi relacionado.

Aniversariante

Aniversariante do dia, Igor Rabello completou 23 anos e saiu com a vitória. Ele teve participação decisiva no gol gremista, já que subiu junto de Michel no lance que resultou no empate. A data não passou batida para o Botafogo, que parabenizou o "General" em suas redes sociais.

Parceria

O Botafogo anunciou neste sábado uma parceria com um aplicativo de música. Para marcar o momento, a marca produziu uma escalação personalizada do elenco alvinegro, que foi divulgada em uma rede social do clube. O time entrou em campo com um fone de ouvido personalizado.

Molecada

Pela semifinal do Campeonato Carioca Sub-20, o Botafogo viu a sua caminhada rumo ao título ser freada pelo Flamengo. Na Gávea, a equipe dirigida por Eduardo Barroca ficou no 1 a 1 e viu o rival passar à decisão. Mateus Jorge abriu o marcador, mas Vitor Gabriel deixou tudo igual. Beneficiado pela melhor campanha, o Fla encara o Vasco na decisão.

BOTAFOGO X GRÊMIO
Data e hora: 28/04/2018 (Sábado), às 16h (Brasília)
Local: estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Transmissão na TV: PPV
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP)
Cartões amarelos: Marcelo Oliveira (GRE), Carli (BOT)
Cartões vermelhos: -
Gols: Brenner, aos 35; Michel, aos 37 minutos do primeiro tempo; Gilson, aos 46 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Jefferson, Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Renatinho, Matheus Fernandes e Leo Valencia (Marcos Vinícius); Rodrigo Pimpão (Ezequiel) e Brenner (Kieza). Técnico: Alberto Valentim

GRÊMIO: Paulo Victor; Madson, Bressan, Paulo Miranda e Marcelo Oliveira; Michel (Cícero), Jaílson, Alisson, Maicossuel (Lima) e Luan (Pepê); André. Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos