Fla vence Ceará com dois de Vinicius Jr, assume liderança e ameniza pressão

Do UOL, no Rio de Janeiro

A pressão que rondava o Flamengo nos últimos dias foi espantada. Ao menos por enquanto. Após dias de instabilidade, tumulto e violência da torcida com os jogadores, o Flamengo arrancou boa vitória sobre o Ceará, neste domingo, na Arena Castelão. Com dois gols de Vinicius Júnior e um de Diego, o Rubro-negro cravou 3 a 0 no placar para espantar a crise que insiste em se instalar no clube.

Com o resultado, o Flamengo ainda chegou à liderança isolada do Campeonato Brasileiro. O time tem sete pontos, um a mais que Atlético-MG e Corinthians. Já o Ceará amarga agora a 18ª colocação, na zona do rebaixamento, com apenas um ponto.

Fla pressiona e abre caminho para vitória

A crise fora de campo não assustou os jogadores do Flamengo dentro das quatro linhas. Alheio aos problemas da última semana, o Rubro-negro impôs sua condição de favorito e pressionou o Ceará desde os primeiros minutos. Se na metade inicial do período faltava mais efetividade no ataque, o problema foi resolvido depois. Comandandos pela dupla Paquetá e Vinicius Júnior, o Flamengo chegou ao gol. Aos 41 minutos, o jovem de 17 anos recebeu belo passe de Cuéllar nas costas da zaga e tocou com categoria para superar o goleiro Éverson e fazer 1 a 0.

Comemoração para espantar crise

Após o primeiro gol, o sempre irreverente Vinicius Júnior optou por uma comemoração com contexto mais sério. O jovem chamou todos os jogadores, do banco e titulares, para que se abraçassem. "Lamentável o que aconteceu no Rio [episódio violento de sexta]. Foi para mostrar que o nosso grupo está muito unido. Não importa o que acontecer, vamos sempre lutar até o fim para dar as vitórias ao Flamengo", frisou.

Vinicius Júnior resolve, Diego amplia

Assim como no primeiro tempo, o Flamengo dominou o Ceará logo nos minutos iniciais após o intervalo. E o resultado foi o mesmo: a pressão virou gol. E novamente com Vinicius Júnior. Aos sete minutos, o atacante iniciou a jogada que terminou em cruzamento de Rodinei para o seu segundo gol. E o time carioca não parou. O questionado Diego, que já vinha ditando o ritmo da equipe, marcou o terceiro, de cabeça, após novo cruzamento.

Pressão no Rio, carinho em Fortaleza

Se o embarque de sexta-feira à noite no Rio de Janeiro foi tumultuado, a tarde de domingo foi de carinho ao time. Especialmente ao meia Diego. Alvo da torcida do Flamengo no aeroporto, o jogador recebeu total apoio dos rubro-negros cearenses durante o duelo contra o time da casa. Após seu gol, o meia retribuiu: cruzou o campo para comemorar o placar nos braços da torcida.

Liderança após sete anos

A sensação ao final desta rodada é razoavelmente nova para o Flamengo. O clube da Gávea não sabia o que era terminar uma rodada do Campeonato Brasileiro na liderança isolada do torneio há sete anos - a última vez foi em 2011, quando venceu o Avaí por 4 a 0 na estreia e ficou no topo da tabela.

CEARÁ 0 x 3 FLAMENGO

Data: 29 de abril de 2018 (domingo)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)
Público: 51.952 pagantes / 52.952 presentes
Renda: R$ 1.636.169,00
Cartões amarelos: Luiz Otávio (
Gols: Vinicius Júnior, aos 41 do primeiro tempo, e aos 7 do segundo; Diego, aos 25 minutos do segundo tempo

Ceará
Everson; Valdo, Tiago Alves e Luiz Otávio; Arnaldo, Richardson, Juninho, Reina e Romário; Arthur e Felipe Azevedo
Técnico: Marcelo Chamusca

Flamengo
Diego Alves; Rodinei, Réver, Juan e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá e Diego; Vinicius Júnior, Everton Ribeiro e Henrique Dourado
Técnico: Maurício Barbieri

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos