Palmeiras para na retranca e no goleiro da Chape e só empata no Allianz

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

Foram dez cartões, poucas chances de gol e uma tarde de pouquíssimo futebol no Allianz Parque. A Chapecoense se fechou, jogou com uma linha de cinco defensores e segurou o Palmeiras na 3ª rodada do Brasileirão disputada neste domingo. Nas poucas jogadas de perigo, Jandrei apareceu muito bem. O 0 a 0 freia a empolgação paulista após a histórica vitória contra o Boca Juniors, pela Libertadores, e reforça o status de carrasco dos catarinenses: em 12 jogos, são quatro empates, cinco triunfos da Chape e só três derrotas.

No último lance do jogo, Antônio Carlos conseguiria vencer a retranca adversária, mas viu a arbitragem anular seu tento de maneira polêmica, já que pelo replay deu para ver que o defensor palmeirense estava na mesma linha do zagueiro da Chapecoense. Os donos da casa ainda reclamaram de pênalti não marcado em Felipe Melo no primeiro tempo.

Como havia prometido, Roger Machado mudou o time, mas sem radicalismos. Weverton foi titular no posto de Jailson, Thiago Martins substituiu Edu Dracena e Moisés jogou no lugar de Bruno Henrique. As poucas trocas fizeram a equipe manter o sistema de jogo, com tentativas de jogadas pelos lados e bolas alçadas na área, todas interrompidas pela retranca adversária.

Agora, o Palmeiras volta a pensar na Libertadores. Na próxima quinta-feira (3), o time viaja para o Peru para encarar o Alianza Lima na tentativa de garantir o primeiro lugar do grupo. Pelo Brasileirão, o Alviverde também joga fora de casa: Atlético-PR, às 16h de domingo (6), em Curitiba. Já a Chapecoense tem compromisso pela Copa do Brasil: encara o Atlético-MG às 19h30 de quarta-feira (2) pelas abertura das oitavas de final. 

O melhor e o pior do jogo

A torcida que foi ao Allianz Parque quase não teve emoção, mas, nas poucas vezes em que se empolgou, não comemorou por conta da boa atuação de Jandrei. O goleiro da Chapecoense segurou todas as tentativas de perigo dos donos da casa. Já Borja, em todas as vezes que foi acionado, conseguiu errar. Pior do que isso: tomou amarelo infantil ao acertar Amaral em lance que o jogo já estava parado.

Chape propõe retranca e segura o Palmeiras

Com Amaral fazendo o papel de terceiro zagueiro quando o time está sem a bola e de volante quando a Chape tem o controle, o time de Santa Catarina conseguiu dificultar praticamente todas as tentativas pelas pontas com Keno e Dudu. O jogo ficou "amarrado" e restou às equipes as tentativas de lançamentos longos e bolas por cima.

Times exploram jogadas aéreas

Alê Cabral/Agif
A primeira jogada de perigo do Palmeiras veio por cima. Dudu bateu escanteio pela direita e achou Thiago Martins na entrada da pequena área. O zagueiro cabeceou e viu Jandrei fazer bela defesa para evitar a abertura do placa. Quase na sequência, a Chapecoense também assuntou usando a bola alçada na área. Dessa vez, foi Amaral quem desviou, mas o perigo passou por cima do gol.

Árbitro anula três gols

Peter Leone/Futura Press/Estadão Conteúdo
A torcida palmeirense chegou a ensaiar um grito de gol, mas parou na bandeira levantada do assistente. Borja recebeu passe de Lucas Lima e colocou na saída de Jandrei. A bola entrou, mas a jogada já estava paralisada. A Chape também parou de comemorar por conta do apito. Rafael Thyere aproveitou desviou de cabeça e completou de carrinho. O auxiliar demorou, mas anulou o tento segundos depois de maneira acertada. No segundo tempo, foi a vez de Antônio Carlos, já nos acréscimos, fazer o gol, mas a bandeira também foi levantada.

Palmeiras desperdiça chances incríveis

Depois de 40 minutos com pouquíssimas chances de gol, o Palmeiras teve duas oportunidades claras de vencer Jandrei. Primeiro, Dudu recebeu passe dentro da pequena área, dominou de peito e chutou forte. O goleiro fez excelente defesa. Segundos depois, a bola sobrou de rebote para Borja dentro da pequena área, mais uma vez. O colombiano isolou.

Felipe Melo reclama de dores e é substituído

Ricardo Moreira/FotoArena/Estadão Conteúdo
Logo no início do 2º tempo, Felipe Melo fez sinal para o banco e reclamou de dores. Foi substituído imediatamente por Thiago Santos e já iniciou tratamento ainda no banco de reservas do Allianz Parque, com uma bolsa de gelo no pé. De acordo com o PFC, o volante virou o pé ao tentar cabecear uma bola ainda no primeiro tempo. O Palmeiras joga na quinta-feira contra o Alianza Lima e ele passa a ser dúvida. 

Borja toma cartão bobo, é substituído e divide estádio

Depois de desperdiçar chances no primeiro tempo, Borja praticamente desapareceu no segundo tempo. O colombiano chegou até a tomar o cartão amarelo por chutar o adversário com a bola já fora de campo. Logo após a advertência, o camisa 9 foi substituído por Deyverson e ouviu um misto de vaias e aplausos vindo dos presentes no Allianz Parque.

Jandrei reforça rótulo de melhor do jogo

Depois de aparecer em todas as jogadas mais importantes do primeiro tempo, Jandrei reforçou o posto de melhor atleta da partida no segundo tempo. Em pelo menos três ocasiões, o goleiro fez excelentes defesas e evitou comemorações de Dudu, Willian, Moisés e Thiago Santos.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 X 0 CHAPECOENSE


Data: 29 de abril de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Público: 30.617 pagantes
Renda: R$ 1.749.825,94
Árbitro: Igor Junio Benevenuto – MG (CBF)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira – MG (CBF) e Ricardo Junio de Souza – MG (CBF)
Cartões amarelos: Thyere, Arthur, Wellington Paulista, Bruno Pacheco, Amaral e Luís Otávio (CHA); Dudu, Diogo Barbosa, Borja e Deyverson (PAL)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Thiago Martins, Antônio Carlos e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos), Moisés e Lucas Lima (Willian); Keno, Dudu e Borja (Deyverson)
Técnico: Roger Machado

CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos, Márcio Araújo e Canteros (Luiz Otávio); Arthur Caike (Guilherme) e Wellington Paulista (Leandro Pereira)
Técnico: Gilson Kleina

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos