São Paulo e Atlético-MG empatam em jogo de reviravoltas no Morumbi

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

São Paulo e Atlético-MG empataram em 2 a 2, neste sábado (5), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio do Morumbi. O Tricolor saiu na frente, viu o Atlético devolver a igualdade e virar, mas contou com Diego Souza para fazer o segundo e evitar a derrota em casa.

As equipes entraram em campo com uma disposição bastante ofensiva. Assim, o jogo ganhou em velocidade e emoção. Quando o Galo estava melhor na partida, o São Paulo marcou, esfriando o ânimo dos adversários.

No segundo tempo, com os anfitriões superiores, o Atlético-MG empatou e virou, dando a impressão que não só venceria, mas despertaria crise no plantel são-paulino. No entanto, Cueva, que entrou no intervalo, deu belo passe para Diego Souza empatar no fim e tornar o Morumbi um caldeirão. Com a igualdade de volta, o resultado parecia aberto até o apito final.

O São Paulo volta a campo na próxima quarta-feira (9), em casa, contra o Rosário Central, pela partida de volta da primeira rodada da Copa Sul-Americana. A ida, na Argentina terminou empatada em 0 a 0. Pelo Brasileiro, a equipe tricolor volta a campo no outro domingo (13), quando visita o Bahia, na Fonte Nova, em Salvador.

O Atlético-MG também tem compromisso pelo torneio intercontinental. Recebe o San Lorenzo na terça-feira (8), depois de perder o confronto de ida, contra os argentinos, por 1 a 0. Na quinta rodada do Brasileiro, o Galo visita o Atlético-PR no domingo (13).

Foi bem: Róger Guedes

O meia do Atlético-MG foi o que mais procurou criar oportunidades, entre as duas equipes e ao longo do jogo inteiro. De tanto trabalho que deu para a defesa tricolor, foi recompensado. Ele recebeu um belo passe nas costas dos zagueiros são-paulinos e com muita categoria fez o seu, deixando 1 a 1 no placar.

Foi mal: Arboleda indeciso

Quando o São Paulo vencia a partida no segundo tempo e tinha mais domínio do jogo, Arboleda falhou na marcação e, indeciso, deixou Roger Guedes livre, que empatou para o Galo e mudou os rumos da partida. O defensor ainda não mostrou segurança na etapa complementar e deu fortes emoções à torcida no Morumbi.

Everton desencanta pelo Tricolor

Everton estreou contra o Ceará, encarou o Fluminense na sequência e disputou neste sábado seu terceiro jogo como são-paulino. Contratado por R$ 15 milhões, o ponta mostrou muita entrega para ajudar Reinaldo a marcar pela esquerda, puxou bons contra-ataques e ainda mostrou oportunismo para marcar pela primeira vez com a camisa tricolor. Anderson Martins desarmou Ricardo Oliveira e abriu para Régis, que cruzou. Diego Souza e Leonardo Silva disputaram pelo alto e Everton apareceu para encher o pé.

Indecisão de defesa tricolor, precisão do Galo

O Atlético-MG conseguiu ter mais posse de bola nos dois tempos. Mas no segundo já não apresentava a mesma agressividade para atacar. Até que Gustavo Blanco acertou belíssima enfiada nas costas dos zagueiros do São Paulo. Arboleda até tinha tempo para reagir, mas hesitou, como se tivesse considerado o passe forte demais ou pensado que havia cobertura. A bola passou limpa para Róger Guedes, nome do Galo no jogo, finalizar cara a cara com Sidão e empatar.

Galo usa arma "esquecida" para virar

A supremacia atleticana foi recompensada poucos minutos após o empate. O São Paulo não conseguia sair da defesa e gerava muitas bolas paradas para o Galo. Cazares bateu, e o escanteio cobrado pela esquerda foi preciso, na cabeça mais perigosa do ataque mineiro: Ricardo Oliveira subiu entre Diego Souza e Régis e venceu Sidão na primeira trave.

São Paulo empata e Morumbi vira caldeirão

Aos 36 minutos, entretanto, o placar já estava igualado mais uma vez. O São Paulo já tinha Cueva em campo, no lugar de Hudson, e viu o peruano mostrar vontade que há tempos não era apresentada. Primeiro, apareceu para dividir na pequena área e a bola quase sobrou para Marcos Guilherme marcar. Depois, o camisa 10 foi desarmado, brigou para recuperar a posse e acertou belíssima assistência para Diego Souza empatar. Foi o quarto gol do centroavante, que empatou com Nenê como artilheiro do time na temporada.

Lesões atrapalham Tricolor

Militão sentiu desconforto muscular durante o aquecimento e desfalcou o São Paulo antes do início do jogo. Ele foi substituído pelo zagueiro Anderson Martins. O lateral é o jogador que mais atuou na temporada: esteve em campo em 24 dos 26 jogos do clube este sábado.

Foi a segunda vez no ano em que o São Paulo perde um jogador lesionado durante o aquecimento. Contra o CRB, pela terceira fase da Copa do Brasil, o goleiro Sidão se machucou, e Jean entrou e estreou na vitória por 2 a 0 no Morumbi.

Além de Militão, Nenê foi outro desfalque. Neste sábado, o camisa 7 teve que deixar o gramado no início do segundo tempo, depois que sentiu dores. Logo que chegou ao banco, ele colocou gelo nos pé.

Em campo, Nenê não apresentou a mesma regularidade e teve atuação ruim, com muitas bolas perdidas. Só que a reação da torcida tricolor foi respeitosa. Quando saiu para a entrada de Liziero, o que se ouviu no Morumbi foi uma ovação para o meia, artilheiro do time na temporada com quatro gols.

Carinho atleticano com a comissão de Aguirre

Os ônibus de São Paulo e Atlético-MG chegaram praticamente ao mesmo tempo ao Morumbi. Assim, jogadores, dirigentes e membros das comissões técnicas passaram juntos pela zona mista do estádio. A coincidência proporcionou saudações calorosas dos atleticanos com o técnico Diego Aguirre e seus auxiliares uruguaios. Abraços, rápidas conversas e muitas risadas foram vistas no reencontro.

SÃO PAULO 2 x 2 ATLÉTICO-MG
Campeonato Brasileiro - 4ª rodada

Ficha Técnica

Data: 05/05/2018
Local: estádio Cícero Pompeu de Toledo, Morumbi, São Paulo
Hora: 19h00 (de Brasília)
Público: 31.976 pessoas
Renda: R$ 788.822,00

Árbitro: Rafael Traci
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Bruno Boschilia
Cartões amarelos: Sidão, Arboleda, Fabio Santos, Elias, Cazares, Hudson, Bruno Alves, Gustavo Blanco
Cartões vermelhos: -
Gols: Everton, aos 24 min do 1ºT; Róger Guedes, aos 25min do 2ºT; Ricardo Oliveira, aos 34 min do 2ºT; e Diego Souza, aos 37 min do 2ºT.

São Paulo: Sidão, Anderson Martins, Arboleda e Bruno Alves (Marcos Guilherme); Régis, Jucilei, Hudson (Cueva) e Reinaldo; Nenê (Liziero), Everton e Diego Souza. Treinador: Diego Aguirre.
Atlético-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel, Fábio Santos; Adilson, Gustavo Blanco (Erik), Luan (Elias); Otero (Cazares), Róger Guedes e Ricardo Oliveira. Treinador: Thiago Larghi

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos