Dedé volta a marcar, e Cruzeiro confirma reação com vitória sobre Sport

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

O Cruzeiro venceu o Sport, na manhã deste domingo (13), por 2 a 0 no Mineirão. Dedé, de cabeça, e Arrascaeta fizeram os gols da Raposa na partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, a equipe de Belo Horizonte fica na oitava colocação do torneio nacional, com sete pontos. Os comandados de Mano Menezes superaram o Sport na classificação. O time de Pernambuco cai para a nona colocação, com o mesmo número de pontos dos mineiros.

O melhor: Dedé se recupera de dor e decide de novo

Pedro Vale/AGIF
Dedé comemora primeiro gol do Cruzeiro contra o Sport

Dedé fez mais uma partida segura no Mineirão. O "Mito", porém, deu um susto ao se chocar com Léo ainda no primeiro tempo. O lance obrigou o atleta a deixar o gramado para receber atendimento médico. No mesmo período, ele aproveitou cruzamento de Arrascaeta e marcou mais um gol de cabeça. É o segundo seguido do defensor. Ele havia feito contra o Botafogo também, na rodada passada do Brasileirão.

O pior: Gabriel falha em dois gols do Cruzeiro

O meia-atacante foi o pior nome da partida ocorrida na manhã deste domingo, no Mineirão. Ele pouco ajudou no setor de criação e ainda cometeu erros defensivos. No ataque, ele viu Marlone e Rogério criar as melhores chances do Sport. Na defesa, falhou ao marcar Dedé em bola aérea e também no lance que culminou no gol de Arrascaeta - o segundo do Cruzeiro.

Arrascaeta fica perto de ser maior artilheiro gringo do Cruzeiro

Pedro Vale/AGIF
Cruzeiro comemora gol de Arrascaeta contra o Sport

Arrascaeta está cada vez mais perto de se tornar o segundo maior artilheiro estrangeiro da história do Cruzeiro. O uruguaio estufou as redes adversárias mais uma vez na manhã deste domingo (13) e chegou ao 42º com as cores do clube de Belo Horizonte. Ele é o terceiro colocado. À frente dele estão o boliviano Marcelo Moreno, com 45 gols, e o espanhol Fernando Carazo, com 44.

Cruzeiro não sofre gol pelo quinto jogo seguido

O Cruzeiro chegou ao quinto jogo consecutivo sem sofrer gols na temporada. O time ficou com a rede intacta nos jogos contra Universidad de Chile (7-0), Internacional (0-0), Vasco (4-0), Botafogo (1-0) e Sport (2-0). O último gol sofrido pela equipe de Mano Menezes foi no jogo contra o Fluminense, no Maracanã.

Sport usa contra-ataques e leva perigo com Rogério

Com menos posse de bola na primeira etapa, quando a manteve em 40% do tempo, o Sport criou por meio de contra-ataques. Isolado no setor ofensivo, Rogério foi acionado com frequência pelos homens de criação. O atacante teve ao menos duas oportunidades de balançar a rede de Fábio, mas parou na falta de pontaria e nas boas defesas do goleiro. Na melhor chance do primeiro tempo, Léo o impediu de balançar a rede adversária.

Auxiliar marca impedimentos polêmicos de Sassá

Sassá teve uma chance de marcar logo no primeiro minuto de jogo. O atacante aproveitou rebote em chute de Arraascaeta e, livre de marcação, mandou por cima do gol de Magrão. O auxiliar Luiz Claudio Regazone (RJ), contudo, marcou posição irregular do atleta. O problema é Claudio Winck deixou o camisa 99 em posição legal. Um lance semelhante aconteceu aos 33 minutos do primeiro tempo. O atleta recebeu de Egídio e estufou a rede. O mesmo auxiliar assinalou posição irregular do centroavante. O lance gerou reclamação do mandante. Sassá e Mano foram à loucura com o marcação da arbitragem.

Que susto! Dedé queixa-se de dor em choque com Léo

Um lance entre Léo e Dedé deu um susto na torcida do Cruzeiro que compareceu ao Mineirão. O "Mito" tentou afastar o perigo em uma jogada, mas acabou chegando atrasado e se chocando com o companheiro de zaga. O camisa 26 levou a pior no lance e se queixou de dor na perna esquerda. O atleta precisou receber atendimento médico após a jogada, mas tudo não passou de um susto. Ele voltou ao campo logo depois do médico do clube assisti-lo. Mais tarde, ainda no primeiro tempo, o jogador voltou a se queixar de dor na mesma perna. Ele recebeu novamente atendimento médico e voltou ao jogo. Na saída do campo, o zagueiro se manifestou sobre o caso: "Foi da coxa ao pé. Foi uma pancada que tomei do Léo. Choque no intuito de tirar a bola dali. O Léo fez certo, achou que estava bem na bola e, tanto estava, que tirou. Mas não foi o joelho não. Foi a perna toda. Deu problema, mas passou".

Mano se irrita com árbitro e recebe bronca

Uma falta não marcada em Rafinha foi a gota d'água para Mano Menezes. O gaúcho se irritou com a arbitragem e recebeu uma bela bronca no jogo ocorrido na manhã deste domingo (13), no Mineirão. O meia-atacante do Cruzeiro tentou drible sobre Anselmo, mas foi ao chão e alegou que o rival o derrubou. A arbitragem não viu da mesma forma e deu apenas lateral para o time da casa. O árbitro Bruno Arleu de Araújo (RJ) escutou poucas e boas de Mano Menezes, mas não deixou barato. Ele foi ao banco de reservas e deu uma bela bronca no comandante cruzeirense.

Mãe de Lucas Silva vira fotógrafa em homenagem do Cruzeiro

O Cruzeiro fez uma homenagem às mães no jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Como este domingo (13) marca o dia das mães, o clube convidou a mãe de Lucas Silva - Ana Maria da Silva - para ser uma das fotógrafas do duelo. A familiar do volante ficou às margens do campo para registrar os lances do duelo ocorrido no Mineirão. Ao fim do primeiro tempo, ele foi encontrá-la para dar um abraço. Esta, contudo, não foi a única homenagem. No início do confronto, em vez de crianças, entraram em campo com elenco uma mãe de um funcionário do Cruzeiro, a de um sócio-torcedor, uma mãe grávida (acompanhada da mãe), uma mãe cega, surda e muda, três mães adotivas e quatro mães representando patrocinadores do clube mineiro.

Ficha técnica
Cruzeiro x Sport

Motivo: 5ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Data: 13 de maio de 2018 (domingo)
Horário: às 11h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Correa (Fifa/RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)

Gols: Dedé - 46'/1ºT (1-0); Arrascaeta - 10'/2ºT (2-0)

Cartão amarelo: Sassá, Dedé (Cruzeiro); Ronaldo Alves, Gabriel, Sander (Sport)

Cruzeiro
Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Rafinha, Robinho (Mancuello - 27'/2ºT) e Giorgian De Arrascaeta; Sassá (Raniel - 18'/2ºT).
Técnico: Mano Menezes.

Sport
Magrão; Claudio Winck (Fabrício - 29'/2ºT), Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Anselmo, Neto Moura (Everton Felipe - 11'/2ºT), Fellipe Bastos, Gabriel (Carlos Henrique - 21'/2ºT) e Marlone; Rogério.
Técnico: Claudinei Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos