Após derrota, Jair diz que não teme futuro e que faz uma boa temporada

Do UOL, em São Paulo

Após perder por 1 a 0 para o São Paulo, neste domingo (20), o técnico do Santos, Jair Ventura, afirmou que não vê ameaçado o cargo dele time alvinegro. "Eu já temia pelo meu futuro antes de chegar ao clube. A vida do treinador está sempre em xeque", disse na entrevista coletiva após o clássico, no Morumbi.

O treinador declarou que, apesar da derrota, está fazendo uma boa temporada à frente da equipe. "As competições não param. O Santos se classificou nas oitavas de final da Copa do Brasil, está classificado na Libertadores, e a gente está brigando no Brasileiro. Nos cobramos bastante diante do clássico. A gente não pode ficar agoniado pela não vitória."

Segundo ele, para equipe continuar na briga no Nacional precisa voltar a ganhar os jogos como visitante. "Estamos 100 % em casa. Precisamos fazer essa junção, de continuar vencendo na Vila Belmiro e voltar a vencer fora de casa.

Para Jair, o placar do clássico foi decidido em um detalhe, e o Tricolor se esforçou mais. "Vejo mais méritos da equipe do São Paulo, pressionando a nossa saída de bola." Ele ainda afirmou que o Santos teve mais posse e foi melhor em outros quesitos.

"Não serve como resultado, mas a gente trocou mais passes do que a equipe do São Paulo. Isso não significa que a gente iria ganhar o jogo, mas que a gente tentou jogar", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos