Carille confirma 'possibilidade de proposta' de time da Arábia Saudita

Do UOL, em Santos (SP)

Depois de negar que há uma proposta oficial do mundo árabe antes do apito inicial da partida contra o Sport, neste domingo (20), na Arena Pernambuco, o técnico Fábio Carille voltou a falar sobre o assunto em entrevista coletiva pós-jogo. De acordo com o treinador corintiano, existe a 'possibilidade da chegada de uma proposta'. Porém, reforçou mais uma vez que não chegou 'nada oficial'.

"Essa questão do Al-Hilal, grande parte da imprensa mente demais. Então, vou deixar bem claro. O que eu escutei do meu empresário, existe a possibilidade da chegada de uma proposta. Se ouviu demais nessa semana, que ia ser meu último jogo, que eu já contratei o Rodriguinho, um monte de mentira. Não chegou nada de oficial. Não sei se vai chegar", disse Carille.

Em seguida, o técnico corintiano voltou a criticar a imprensa e falou sobre antigas propostas que recebeu no passado e recusou, citando uma bastante atrativa do futebol chinês.

"Grande parte da imprensa, não todos, mentem demais. Eu sou um cara abençoado, sobre como as coisas aconteceram na minha vida. Recusei uma coisa no ano passado, da China, que vocês iam me chamar de louco se soubessem o que foi. As que eu neguei, chegaram. Essa eu não neguei, não tenho o que negar, porque não chegou", acrescentou Carille. 

Paulo Paiva/Agif

"Não recebi proposta, recebi uma sondagem e possibilidade da chegada de oferta. Enquanto eu não ouvir do meu empresário, vou esperar, como esperei sempre", completou.

Durante a semana, Fábio Carille foi apontado como provável novo técnico do Al-Hilal, que estaria disposto a pagar um salário milionário para tirar o treinador campeão brasileiro e estadual do Corinthians. O técnico já ouviu a proposta verbal do mundo árabe, mas ainda aguarda que ela seja oficializada por escrito.

Segundo apurou o UOL Esporte, o valor da proposta do mundo árabe a Fábio Carille gira em torno de 3,5 milhões de dólares (R$ 12,95 milhões) por ano, livre de impostos. O valor mensal seria de R$ 1,07 milhão, cerca de três vezes mais que os vencimentos no Corinthians.

O clube de Parque São Jorge aguarda pela proposta oficial e vê risco alto de Carille deixar o comando da equipe por causa também do tempo de contrato, que é maior que o assinado pelo treinador em setembro passado. À época, ele renovou o vínculo com o clube paulista até o fim de 2019.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos