Apesar de derrota, Luan vê "aula" do Atlético-MG e time brigando pela taça

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Atacante lamentou superioridade do Galo sem conseguir vazar zaga do Flamengo

    Atacante lamentou superioridade do Galo sem conseguir vazar zaga do Flamengo

O Atlético-MG desperdiçou a oportunidade de aumentar sua vantagem na liderança do Brasileiro e perdeu para o Flamengo por 1 a 0. Com o resultado no Independência, o Galo não só perdeu o topo do campeonato, como também caiu para a terceira colocação e pode terminar o final de semana sendo alcançado por outros times. Na saída de campo, o atacante Luan lamentou o revés, mas valorizou a superioridade mineira diante do adversário. Melhor durante praticamente todo o jogo, o Galo pecou nos minutos finais da partida e levou um gol de contra-ataque.

"Quem assistiu ao jogo viu uma equipe que jogou futebol, uma equipe que deu aula de futebol aqui, com maior posse, criando bastante chances de gol. Hoje foi um pecado a bola não ter entrado. Um erro bobo nosso, mas acontece", comentou.

Desde o início, o Atlético amassou o Flamengo e pressionou em busca do gol, enquanto o adversário se acanhou e buscou contra-atacar. Por duas vezes, o Galo parou no travessão de Diego Alves, e pouco sofreu com as ofensivas dos cariocas. Já no final da partida, a equipe se lançou ao ataque e foi vítima da velocidade de Vinicius Junior, que ganhou do jovem lateral Emerson e deu a assistência para Everton Ribeiro fazer o gol da vitória.

"Não vamos colocar a culpa em ninguém, quando ganha, ganha todo mundo. É de se lamentar porque a equipe jogou muito bem. Mas que isso sirva de aprendizado, temos tudo para brigar lá em cima da tabela e quem sabe pelo título", acrescentou Luan.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos