Everton decide, Grêmio bate Ceará e volta a vencer no Brasileiro

Do UOL, em Porto Alegre

Everton voltou e o Grêmio ganhou. Neste domingo (28), o meia-atacante retornou de lesão e foi o principal nome do jogo com o Ceará, na sétima rodada do Brasileirão, em Fortaleza. Com assistência do camisa 11, Thonny Anderson marcou o gol da vitória gaúcha por 1 a 0. A partida ainda teve milagres do goleiro Everson e pênalti marcado, mas depois anulado pelo árbitro Wagner Reway.

Nas duas rodadas anteriores, o Grêmio empatou sem gols contra Internacional e Paraná. A última vitória, até o jogo no Castelão, havia sido 5 a 1 em cima do Santos, em 6 de maio.

A vitória em Fortaleza leva o Grêmio aos 12 pontos. Já o Ceará, mesmo com a estreia de Jorginho como treinador, segue com apenas três pontos.

Na próxima rodada o Grêmio recebe o Fluminense, e o Ceará visita a Chapecoense, ambos os jogos na quarta-feira. Em Porto Alegre, a partida ocorre às 21h45 (Brasília) e em Chapecó o duelo começa às 21h.

Quem foi bem: Everton

O Grêmio jogou sem seus três principais jogadores (Geromel, Arthur e Luan), mas com a volta de Everton. Recuperado de lesão uma semana antes do previsto, o camisa 11 foi o principal jogador do time gaúcho no Castelão. Com drible, velocidade e muitas tentativas.

Quem foi mal: André

Mais uma vez o camisa 90 passou em branco. Foi o segundo nome a ser substituído no jogo por acúmulo de falhas ofensivas em vários atributos. Boa parte da falta de profundidade do Grêmio na partida também passou pela atuação ruim de André.

Grêmio começa a mil e Ceará se segura

O Grêmio começou o jogo em alta velocidade e tentando o gol logo. Everton acertou a trave na melhor jogada do primeiro tempo e de resto, tentou mais vezes a conclusão com chute colocado de fora da área. O volume do time gaúcho seguiu sendo maior, mas a contundência não. Até o intervalo, a equipe oscilou entre jogadas verticais e posse inócua no meio-campo.

Do lado do Ceará a estratégia era fechar bem a frente da área e explorar o contra-ataque. Esse plano se tornou real poucas vezes até o intervalo e quando conseguiu encaixar, a equipe alvinegra viu Kannemann bloquear uma conclusão de Elton.

Arbitragem rouba a cena

Antes do primeiro minuto, Wagner Reway marcou pênalti a favor do Grêmio e depois voltou atrás. O árbitro assinalou falta em Everton, mas rapidamente desistiu e deu simulação do meia-atacante. A decisão gerou confusão e reclamação intensa, mas não foi o fim da polêmica.

Pouco tempo depois, o mesmo Everton sofreu falta na frente da área. O camisa 11 estava em cima da linha e, portanto, deveria ter sido marcado pênalti. Reway assinalou apenas falta.

Trocas mantém fôlego

No segundo tempo o Grêmio mudou para tentar coisas diferentes, mas seguiu sofrendo para criar. Thaciano e Thonny Anderson renovaram o fôlego do ataque, mas quem desequilibrou foi Everton. A arrancada do camisa 11 terminou com assistência para o gol da vitória.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 0 X 1 GRÊMIO

Data e hora: 27/05/2018 (domingo), às 19h (Brasília)
Local: estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Público: 14.012 pagantes
Renda: R$ 128.138,00
Árbitro: Wagner Reway
Auxiliares: Alessandro Alvaro Rocha Matos e Eduardo Goncalves da Cruz
Cartões amarelos: Richardson, Samuel Xavier (CEA); Ramiro, Everton (GRE)
Gol: Thonny Anderson, aos 35 minutos do segundo tempo (GRE)

CEARÁ: Everson; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Rafael Pereira (Valdo), Romário; Richardson, Juninho e Ricardinho; Felipe Azevedo (Hyuri), Wescley e Élton
Técnico: Jorginho

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura (Lima), Bressan, Kannemann e Bruno Cortez; Jailson, Maicon (Thonny Anderson); Ramiro, Cícero e Everton; André (Thaciano)
Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos