Corinthians falha no fim, e Inter vence de virada no Beira-Rio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

O Internacional pressionou o tempo todo e conseguiu, nos acréscimos, a vitória diante do Corinthians neste domingo (28). O resultado de 2 a 1, em duelo da sétima rodada do Brasileirão, veio com os gols de Leandro Damião e Rossi. Mateus Vital fez para os paulistas, mas o erro de Mantuan foi decisivo.

Para os corintianos, o sabor é amargo. No primeiro tempo, a precisão roubou a cena. Na etapa final, o Colorado transformou o volume em chances e a pressão em vitória.

Esse é o segundo jogo do Corinthians desde a saída de Carille e a segunda derrota. O time já havia sido derrotado em casa para o Millonarios pela Libertadores.

Na próxima rodada o Inter visita o Vitória e o Corinthians recebe o América-MG. O jogo do Colorado é quarta-feira, 19h30 (Brasília) e o compromisso do Alvinegro é na quinta, às 18h. O time gaúcho chega aos 11 pontos e a equipe paulista segue com essa mesma pontuação.

Inter fura retranca com persistência

O Corinthians sabe se defender, mas o Internacional não desistiu. Mesmo com um primeiro tempo quase inócuo, o Colorado seguiu em cima e conseguiu empatar e virar com um bom jogo coletivo no setor ofensivo. As atuações de Lucca, Rossi, Nico López e Damião ajudaram o time gaúcho a sair de uma derrota para vitória na base da persistência.

Defesa do Corinthians erra duas vezes

A solidez defensiva do Corinthians foi colocada à prova e não deu boa resposta. No segundo tempo a primeira linha assistiu Leandro Damião se posicionar bem para escorar quase em cima da linha e não dar chances a Walter. Nos acréscimos, Mantuan errou em lance sozinho e deixou Rossi livre para apenas rolar até o fundo da rede.

Inter pressiona muito. Corinthians é efetivo

O Internacional tentou, mas parou no Corinthians e em suas próprias limitações. Com a bola, o Colorado invariavelmente caiu no roteiro de buscar cruzamentos ou no máximo arriscar chutes de fora da área. Apesar de todo o volume, o time gaúcho não obrigou Walter a fazer nenhuma defesa no primeiro tempo.

Do outro lado, o Corinthians foi Corinthians. A organização defensiva só não roubou a cena por completa em virtude do gol de Matheus Vital. A efetividade da equipe merece destaque. Com apenas uma chance, o time marcou e ainda criou cenário de pressão para o adversário. A pressa do rival também ajudou os paulistas a controlarem espaços e até o ritmo do duelo.

Na etapa final, o jogo seguiu igual, com um time atacando e outro esperando, mas o escore mudou. A diferença começou no acerto do Inter em cruzamento da esquerda e finalização de Leandro Damião. Com o novo resultado, o confronto ficou mais aberto. A maior movimentação do Colorado e inércia corintiana renderam pelo menos duas boas chances de virada antes do apito final. Quando tudo parecia definido, Mantuan errou o domínio na frente da área e Rossi aproveitou.

Lucca tenta surpreender e erra feio

O camisa 19 do Inter foi o responsável por cobrar praticamente todos os escanteios no jogo. No segundo tempo, ele tentou surpreender com uma batida fechada e acabou errando feio. A bola saiu antes de chegar da grande área e ainda acertou o auxiliar da arbitragem que fica na linha de fundo de olho em lances na hora da bola parada.

Roger é vaiado a tarde toda

Ex-jogador do Inter, Roger foi vaiado antes, durante e depois do jogo. O centroavante recebeu apupo do público quando a escalação do Corinthians foi divulgada e foi seguido por parte do público durante a partida. A bronca, contudo, não evitou que ele participasse do gol alvinegro.

Inter libera mais bicicletas

Com a greve dos caminhoneiros e consequente crise de abastecimento, o Inter liberou vagas extra para bicicletas no Beira-Rio. O local foi explorado e ajudou boa parte do público que precisou encontrar meios alternativos de chegar ao estádio.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 X 1 CORINTHIANS

Data e hora: 28/05/2018 (domingo), às 16h (Brasília)
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Público: 30.791 pessoas (27.650 pagantes)
Renda: R$ 795.765,00
Árbitro: Pericles Bassols Cortez (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
Cartões amarelos: Iago, Edenilson, Leandro Damião (INT); Maycon (COR)
Gols: Mateus Vital (COR), aos 4 minutos do primeiro tempo; Leandro Damião, aos 18 minutos do segundo tempo (INT), e Rossi, aos 47 minutos do segundo tempo (INT)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Zeca, Klaus, R. Moledo e Iago (Nico López); Rodrigo Dourado, Edenilson, William Pottker (Rossi), Patrick e Lucca (Juan Alano); Leandro Damião
Técnico: Odair Hellmann

CORINTHIANS: Walter; Mantuan, Henrique, Balbuena e Sidcley; Maycon, Paulo Roberto, Romero (Júnior Dutra), Jadson (Marquinhos Gabriel) e Mateus Vital (Pedrinho); Roger
Técnico: Osmar Loss

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos