Corinthians "desaprende" a sofrer e vê derrotas aumentarem em 2018

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians fez uma ótima campanha no ano de 2017 com um time baseado, principalmente, em um jogo defensivo forte que permitia ao time ser atacado sem correr muitos perigos, em outras palavras, os jogadores "sabiam sofrer". O time comandado por Fábio Carille passava boa parte dos jogos bem armado na defesa esperando um erro do adversário para matar a partida em um lance fatal.

Porém, a derrota para o Internacional por 2 a 1 neste domingo (27) e os resultados recentes do time no ano vêm demonstrando que o elenco corintiano está encontrando problemas para dar continuidade a esse estilo de jogo. 

Na derrota para o Colorado, o alvinegro passou apuros durante quase todo o período de jogo. Após abrir o placar com Mateus Vital, aos cinco minutos do primeiro tempo, o Corinthians pouco ofereceu perigo à meta adversária. De acordo com o Footstats, foram cinco finalizações, sendo apenas duas delas certas, em toda a partida contra 15 tentativas do Internacional.

Sem Rodriguinho, fora do jogo por causa de um procedimento dentário, o clube paulista pouco conseguiu criar e abusou muito dos lançamentos, incomum em um time que prefere os passes rápidos e mais curtos. Ao todo, o Corinthians tentou 46 lançamentos, acertando menos da metade deles.

Em entrevista coletiva logo após a derrota, o técnico Osmar Loss minimizou a "recuada" do time depois de abrir o placar e afirmou ser uma situação normal de jogo, mas reconheceu que o Inter foi superior.

"É claro que quando a gente tem a vantagem no placar, que as equipes procurem ter uma precaução, é normal de qualquer ser humano se proteger mais. Com o gol cedo, acabou que o Inter teve que aumentar o ritmo e nos complicou", disse.

O panorama se repetiu na derrota para o Atlético-MG por 1 a 0, na 3ª rodada do Brasileiro. O time do Parque São Jorge finalizou quatro vezes contra 18 do clube mineiro e buscou lançamento em 45 oportunidades na partida.

O Corinthians, quase imbatível em 2017, já acumula 10 derrotas em quase cinco meses, o mesmo número de reveses que o clube sofreu durante todo o ano passado. Durante o mesmo período de tempo na temporada passada, o alvinegro havia sofrido apenas duas derrotas, uma para o Santo André e outra para a Ferroviária, ambas no Campeonato Paulista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos