Damião encerra jejum, mas vira desfalque e cria problema no Inter

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeferson Guareze/AGIF

    Centroavante voltou a marcar depois de 463 minutos, mas levou terceiro amarelo

    Centroavante voltou a marcar depois de 463 minutos, mas levou terceiro amarelo

Leandro Damião encerrou o jejum de gols diante do Corinthians, mas vai gerar uma dor de cabeça para o Internacional na oitava rodada do Brasileirão. Autor do primeiro gol no Beira-Rio, o centroavante levou o terceiro cartão amarelo e não atuará contra o Vitória. William Pottker é o principal candidato para a função.

Até a finalização que empatou o jogo com o Corinthians, Damião acumulou 463 minutos sem gols. Foram cinco partidas em branco e mais o período de recuperação de lesão na coluna.

"O centroavante dorme pobre e acorda rico. Centroavante é diferente. Goleiro e centroavante a gente sempre tem que esperar. Esperar. É posição diferente. O meu papel é dar confiança. É dar força, trabalhar finalização e passar confiança", comentou Odair Hellmann, técnico do Inter.

O problema é que na comemoração pelo empate, e fim da escrita pessoal, Leandro Damião extravasou demais. O camisa 9 tirou a camisa e levou o cartão amarelo.

"Naquele momento o cara está tão… O centroavante se cobra muito pelos gols. Claro que ele está em posição de definição, mas quando marca um gol assim extravasa mesmo. Perdemos ele, mas vamos achar uma solução", comentou Hellmann.

William Pottker é o principal candidato a atuar na vaga de Leandro Damião, o que pode ser um problema. É que nas recentes partidas em que o camisa 99 foi escalado como centroavante, o rendimento ficou abaixo do esperado.

O Internacional volta a treinar nesta segunda-feira e logo depois viaja rumo a Salvador. Na quarta-feira, o time enfrenta o Vitória, no estádio do Barradão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos