Maicon fala em opções contra retrancas, mas evita dar 'dicas' no Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio trabalha maneiras de furar retrancas e ter um repertório ainda maior contra adversários bem defensivos, mas Maicon não quer entregar nada. Capitão do time, o volante garante que o time gaúcho tem trabalhado alternativas para o estilo de jogo que segue intacto. Ainda assim, o camisa 8 prega que a equipe não aceite a marcação. Algo que precisa continuar a ser feito no jogo contra o Fluminense, válido pela oitava rodada do Brasileirão.

A vitória em cima do Ceará deu fôlego. Mas os empates com Atlético-PR, Inter e Paraná seguem sendo lições com gosto amargo na boca do Grêmio.

"Dentro de campo temos que nos virar. Não posso falar o que vamos fazer porque aí é dar dica para os adversários. Mas temos qualidade para sair da marcação deles", comentou Maicon.

O capitão foi o primeiro a trabalhar uma outra visão sobre a postura recente dos adversários. A ideia de que marcar forte e até montar retranca é uma maneira de respeitar o Grêmio.

"A gente está buscando isso nos jogos. Estamos fazendo jogos de muita qualidade, marcando vários gols. E isso faz parte do futebol, é respeito das outras equipes. Eles sabem que se derem modo, vamos golear mesmo. Temos respeito por todos eles, mas não vamos mudar. Trabalhamos no tempo que a gente teve para ter a posse de bola, agredir o adversário. Nem sempre vamos conseguir jogos como aquele diante do Santos, do Cerro. O importante é a gente não aceitar a marcação. Ganhar por 1 a 0 é goleada", disse também o volante.

Nesta temporada, o Grêmio mudou mais um pouco o jeito de jogar e tem procurado atuar com a bola e quase sempre dentro do campo de ataque. Um estilo que se fortaleceu a partir da dupla Arthur e Maicon, mas que segue mesmo com a ausência de um ou de outro.

"A gente tem um estilo de jogo. Não vamos mudar… O professor Renato frisa para a gente manter nossa postura, nosso jogo. E ele é no toque de bola, na paciência em busca do espaço. Por isso as equipes estão se fechando. Nosso desafio é encontrar alternativas para furar essas retrancas", afirmou o capitão do time gaúcho.

O Grêmio recebe o Fluminense nesta quarta-feira (30), às 21h45 (Brasília). O time deve entrar em campo com: Marcelo Grohe; Madson, Bressan, Kannemann e Cortez; Cícero, Maicon, Ramiro, Luan e Everton; André.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos