Alexandre Gallo questiona critérios da arbitragem em jogos do Atlético-MG

Do UOL, em Belo Horizonte

Após a derrota por 3 a 2 diante do Sport, na Ilha do Retiro, as reclamações do Atlético-MG sobre o lance que garantiu a virada pernambucana não foram só dos jogadores. Alexandre Gallo, diretor de futebol, resolveu ir aos microfones para contestar a marcação do pênalti pelo árbitro Wagner do Nascimento. Na ocasião, Michel Bastos cruzou e a bola tocou no braço do zagueiro Gabriel.

"É ruim estar aqui depois de uma derrota dessa, mas venho falar de arbitragem. Não podemos, mais uma vez, reclamar de uma situação dessa. Estamos tentando uma aproximação com a CBF e queremos critério. Isso já aconteceu com o Atlético por cinco vez, nos incomoda bastante. Se acontece para um, tem que acontecer para todos, e não em um lance decisivo que acabou interferindo no jogo por causa de um critério que não tem acontecido para todos. Não vamos aceitar uma próxima situação dessa. Aconteceu para nós em cinco oportunidades, mas na primeira contra o Atlético foi marcado o pênalti", comentou.

Após sair atrás do marcador, o Atlético empatou a partida no início do segundo tempo com Cazares. Ricardo Oliveira marcou o segundo aos 20 minutos, mas o Sport virou com gols de Gabriel e Michel Bastos, aos 22 e 26 minutos, respectivamente.

Com o resultado, o Atlético permanece com 13 pontos e sofre sua segunda derrota seguida no Brasileirão, perdendo novas posições na parte de cima da tabela. A tentativa de reencontro com a vitória acontecerá às 16h deste sábado contra a Chapecoense, no Independência.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos