"Chegar é fácil. Difícil é se manter", diz Diego Alves sobre Fla no BR

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    O goleiro Diego Alves durante treinamento do Flamengo no CT Ninho do Urubu

    O goleiro Diego Alves durante treinamento do Flamengo no CT Ninho do Urubu

Um dos líderes do elenco do Flamengo, o goleiro Diego Alves concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (30). Concentrado no objetivo de manter o Rubro-negro na ponta do Campeonato Brasileiro, o camisa 1 deixou claro que a missão não é simples por tudo o que envolve a competição, mas demonstrou otimismo em relação ao trabalho desenvolvido no Ninho do Urubu.

"Tentamos manter o foco em todos os jogos. Chegar é fácil. Difícil é se manter. Vamos fazer de tudo para manter o Flamengo no alto. Não pode haver acomodação", afirmou.

O objetivo está definido: permanecer na liderança ou, pelo menos, entre os primeiros colocados até a parada para a Copa do Mundo. Até lá, o Flamengo recebe Bahia, Corinthians e Paraná, no Maracanã. Tem o clássico contra o Fluminense, em Brasília, e encerra a sequência diante do Palmeiras, fora de casa, no dia 13 de junho.

Embora abrir distância na ponta seja o sonho de qualquer clube que ocupe tal posição, o goleiro considera complicada a repetição do que aconteceu com o Corinthians no ano passado. O primeiro turno praticamente garantiu aos paulistas o título brasileiro.

"É difícil um time desgarrar como o Corinthians, mas vamos tentar. Os pés estão no chão. É jogo a jogo. Uma vitória sobre o Bahia já será importante nesse aspecto. Seria bom terminar na liderança antes da Copa do Mundo", comentou.

A sequência de jogos depois das classificações na Copa Libertadores e na Copa do Brasil foi abordada pelo goleiro. Agora, o Flamengo tem apenas o Brasileirão para encarar. Após o Mundial da Rússia, no entanto, todas as competições estarão juntas no calendário.

"Está desgastante. É uma sequência grande de jogos e viagens. Na semana passada fiquei apenas uma hora com os meus filhos em casa. O calendário é muito puxado. Cada competição tem a sua diferença, mas sabemos que só vitórias nos interessam", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos