Físico faz Thiago Neves sofrer queda no Cruzeiro, mas Mano mantém respaldo

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Stephan Eilert/AGIF

    Thiago Neves sofre queda de rendimento, mas mantém prestígio com comissão técnica

    Thiago Neves sofre queda de rendimento, mas mantém prestígio com comissão técnica

Thiago Neves sofreu sensível queda de rendimento no Cruzeiro. Depois de passar quase 20 dias sem jogar, o meia-atacante tem desempenho inferior. Mas há uma justificativa.

Desde que se recuperou de uma lesão na panturrilha direita, o camisa 30 disputou cinco partidas e marcou um gol somente. A média está bem abaixo do que ele se acostumou a fazer. Antes do problema clínico, ele havia atuado em 20 jogos da equipe mineira, com oito gols assinalados e duas assistências. Ele detinha média de uma participação em gol a cada dois confrontos.

A queda na performance do meia-atacante é explicada por Mano Menezes. Logo após o empate contra o Vasco, em pleno Mineirão, ele alegou que o jogador de 33 anos não alcançou a forma física ideal. "Ele não está 100%. A volta foi necessária, conduzimos que acontecesse na ausência do Arrascaeta, para não ficar sem um dos dois jogadores que são decisivos naquela função", explicou o técnico.

A explicação de Mano Menezes é comprovada pela forma como foi feito o retorno do jogador. Thiago Neves tem atuado por menos tempo nas partidas do Cruzeiro.

De volta desde 22 de maio passado, quando o Cruzeiro venceu o Racing por 2 a 1 pela Copa Libertadores, com um gol seu, ele foi substituído em três dos cinco jogos que disputou. O primeiro foi justamente contra os argentinos, quando deixou o campo aos 20 minutos do segundo tempo.

Já desgastado, foi substituído aos 19 da etapa final no triunfo sobre o Santos no Pacaembu. Na vitória contra o Palmeiras, no Mineirão, deixou o gramado aos 27 minutos. Ficou em campo por todo o tempo no resultado positivo diante do Ceará e no empate com o Vasco.

Embora esteja fisicamente desgastado, Thiago Neves deve permanecer como titular do Cruzeiro nos dois últimos jogos antes da Copa do Mundo da Rússia. A equipe mineira enfrentará a Chapecoense neste sábado (9) e o Paraná na próxima quarta-feira (13).

Ficha técnica
Chapecoense x Cruzeiro

Motivo: 11ª rodada do Brasileirão
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 9 de junho de 2018 (sábado)
Horário: às 19h (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Chapecoense
Jandrei; Apodi, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo e Canteros; Arthur, Wellington Paulista e Leandro Pereira.
Técnico: Gilson Kleina.

Cruzeiro
Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho e Thiago Neves; Rafael Sóbis e Sassá (Raniel).
Técnico: Mano Menezes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos