Dois meses depois, quem se deu melhor na troca Sasha por Zeca?

Marinho Saldanha e Samir Carvalho

Do UOL, em Porto Alegre e Santos

  • Ale Cabral/AGIF

    Eduardo Sasha foi para o Santos e Zeca fez o caminho inverso, ao Inter, há dois meses

    Eduardo Sasha foi para o Santos e Zeca fez o caminho inverso, ao Inter, há dois meses

Há dois meses, Internacional e Santos entravam em acordo e trocavam o meia-atacante Eduardo Sasha pelo lateral Zeca. Uma difícil transação que envolveu compra de direitos econômicos de agentes e repasse de clubes. Frente a frente neste domingo (10), gaúchos e paulistas avaliam quem se deu melhor. O confronto está marcado para as 19h (de Brasília) na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Zeca não joga. Contra o São Paulo, o lateral sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda e só poderá voltar ao Colorado depois do recesso para Copa do Mundo. Mas a arrancada dele em Porto Alegre empolga.

Depois de ficar seis meses afastado dos gramados por ter entrado na Justiça contra o Santos, o jogador de 24 anos estreou no clássico Gre-Nal do dia 12 de maio jogando no meio-campo. E já na partida seguinte, diante da Chapecoense, assumiu a titularidade em sua posição original: a lateral.

Desde então foram 90 minutos diante de Chapecoense, Corinthians, Vitória, Sport e São Paulo. Com ele em campo, o Colorado não conheceu uma derrota sequer e só sofreu dois gols, ambos diante do Vitória.

Além disso, ele foi repetidamente elogiado pelo técnico Odair Hellmann, que viu o lado direito crescer em atributos ofensivos e defensivos.

Sasha encara jejum de 13 jogos sem gols e sete sem assistências

Sasha teve início avassalador com a camisa do Santos no Campeonato Paulista e chegou a ser o artilheiro do time na temporada. Com seis gols, foi considerado a melhor contratação do alvinegro praiano do ano, superando até Gabigol, o reforço mais caro e que custa R$ 600 mil por mês.

O problema é que Sasha ainda não marcou um gol sequer com a camisa santista desde que a troca foi concretizada com o Internacional. Ele parou nos seis gols marcados e virou um dos motivos da pressão sofrida pelo presidente José Carlos Peres por conselheiros. Na última reunião, na Vila Belmiro, o dirigente foi cobrado até pelos 2% que pagou aos intermediários na contratação do jogador.

O último jogo em que Sasha balançou as redes foi o clássico contra o Palmeiras, em 27 de março, pelo segundo jogo da semifinal do Paulista. Depois disso, jogou 13 jogos, 12 como titular e um entrando no segundo tempo, e não marcou mais.

Um dos motivos que fez Sasha cair de rendimento foi a mudança de posicionamento. Para melhor o desempenho de Gabriel, que vivia jejum de gols, Jair Ventura inverteu os dois de posição. O ex-jogador do Inter deixou o lado direito do ataque e passou a atuar como centroavante. Se for contar o jejum somente desde a mudança de posicionamento, no jogo contra o Luverdense, vencido por 5 a 1, na Vila Belmiro, são nove partidas sem marcar.

Quando Sasha começou a cair de rendimento e parou de fazer gols, pessoas ligadas ao jogador alegaram que o atleta brilhava em outra função: como "garçom". No entanto, ele não dá uma assistência há sete jogos. A última foi na vitória por 3 a 1 contra o Paraná, em 13 de maio, na Vila Belmiro.

Segundo o Footstats, o camisa 27 tentou nove chutes no Brasileiro e só acertou um no gol, média de 11,1% de acerto. Além disso, Sasha é o jogador que mais fica impedido no Santos, ao lado do Gabriel: seis vezes cada um. Ele também é o segundo jogador que mais erra passes no Santos, só perde para o Jean Mota, que errou 40. Ele errou 37 passes

FICHA TÉCNICA

SANTOS X INTERNACIONAL

Data e hora: 10/06/201/ (Domingo), às 19h (Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Transmissão na TV: Sportv e PPV
Árbitro: Wagner Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Carlos Henrique Alves Lima Filho (ambos do RJ)

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Diego Pituca, Renato e Jean Mota; Gabigol, Eduardo Sasha e Rodrygo.
Técnico: Jair Ventura

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Fabiano, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Patrick, Edenílson, Pottker e Lucca; Leandro Damião.
Técnico: Odair Hellmann

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos