Mano muda discurso e revela incômodo com poucos gols feitos pelo Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

A ausência de gols no ataque do Cruzeiro em jogos válidos pelo Brasileirão passa a preocupar Mano Menezes. Com apenas sete gols em 11 rodadas, o time tem encontrado dificuldades para estufar as redes adversárias nos duelos mais recentes.

Depois de fazer apenas um contra o Vasco no empate por 1 a 1 no Mineirão, a Raposa passou em branco no revés por 2 a 0 para a Chapecoense neste sábado (9), na Arena Condá.

A ausência de gols é um fator que incomoda a comissão técnica de Mano Menezes. Ele crê que a equipe precisa modificar este panorama nos próximos jogos, mas cita o duelo contra o Vasco como um exemplo.

"Incomoda porque para construir vitórias os gols são necessários. Mas são jogos diferentes. O jogo passado, contra o Vasco da Gama, tivemos 19 oportunidades, nove claríssimas. Hoje [sábado] me preocupa, porque a parte do treinador é fazer o time criar. O time não cria, a gente tem que resolver com cuidado, trabalho e entendimento de jogo melhor. Já havíamos falado antes, mesmo quando disse que o importante era vencer, que nós precisávamos marcar mais gols. Uma hora faz falta, o adversário faz mais gols e a gente perde", concluiu.

Antes da partida contra o Vasco, o discurso do gaúcho era completamente distinto. Com a ideia de emular o São Paulo de Muricy Ramalho, tricampeão nacional entre 2006 e 2008, o treinador falava em montar um time equilibrado, sempre com partidas de poucos gols - sofridos e marcados.

"Eu sei que às vezes não está tão bom, mas o futebol me ensinou muito a respeitar o resultado. E acho que a gente tem que cuidar um pouco desse tipo de avaliação. 'Está muito pouco', 'não pode fazer pouco gol', claro que nós queremos fazer mais gol, mas quero dar um exemplo. São seis (pró) e três (contra). Eu acho que é pouco na média. Mas o saldo é bom, o desempenho é bom. Porque você não pode fazer uma coisa isolada. Vou citar só uma equipe como exemplo. O Vitória marcou 15 gols e está na zona de rebaixamento. E levou 20 gols. E esse é o equilíbrio que a gente sabe que é necessário", disse ao SporTV, antes do confronto disputado na última quarta, no Mineirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos