Valentim vê empate injusto e reclama da arbitragem: "Não foi pênalti"

Do UOL, em São Paulo

O técnico do Botafogo, Alberto Valentim, reclamou da arbitragem no empate por 3 a 3 com o Bahia, neste domingo (10), na Fonte Nova, em Salvador, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para o treinador, não houve pênalti de Aguirre em Lucas Fonseca no fim do primeiro tempo. Após marcar a infração, o árbitro ainda mostrou o segundo cartão amarelo para o jogador do Botafogo e o expulsou. Na cobrança, Régis não deu chances para Jefferson.

"Nós tivemos a expulsão do Aguirre, que, no meu modo de ver, foi injusta. Vimos o lance na televisão, com calma, e não foi pênalti", disse Valentim após a partida.

O técnico considerou que o Botafogo merecia mais, pois jogou com um jogador a menos durante todo o segundo tempo e ficou na frente do placar por três vezes. Tomou o gol de empate nos acréscimos.

"A gente sempre esteve na frente do marcador e é muito difícil jogar com um a menos. Fica um sabor amargo pelo o que fizemos. Eu gostei da equipe. Infelizmente não foi o resultado que o time merecia", afirmou.

O Botafogo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro na quarta-feira (13), contra o Atlético-PR, no Engenhão, às 21h (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos