Vitória fora de casa dá regularidade e deixa Inter preocupado com recesso

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marcello Zambrana/AGIF

    O Inter embalou no Brasileiro e logo em seguida vem o recesso para Copa do Mundo

    O Inter embalou no Brasileiro e logo em seguida vem o recesso para Copa do Mundo

A vitória contra o Santos significou mais do que três pontos somados à campanha do Inter. A conquista na Vila Belmiro simbolizou a esperada regularidade do time de Odair Hellmann. Por outro lado, levanta preocupações pela parada e o desafio de manter o nível mesmo com tanto tempo sem jogos.

São sete partidas de invencibilidade. Quatro vitórias, Santos, Vitória, Corinthians e Chapecoense, e três empates, Sport, Grêmio e São Paulo. Um sistema defensivo consolidado e pontuação também obtida longe do Beira-Rio. São duas vitórias seguidas como visitante.

"Sabíamos que o caminho era difícil e ainda é longo. Não se conquistou nada a não ser uma boa afirmação no momento", disse o técnico Odair Hellmann. "É um momento de satisfação pelo trabalho que está sendo bem feito. Mesmo em alguns jogos onde perdemos, conseguimos ir bem. E a gente tinha convicção de que o trabalho é bom", completou o vice de futebol Roberto Melo.

O Inter soma 19 pontos na classificação e pode abraçar o termo 'embalo'. O problema é que depois da partida contra o Vasco, na quarta-feira, o Brasileirão para até o fim da disputa da Copa do Mundo. Tudo que o Colorado não precisava neste momento.

"A parada, talvez não seja tão boa para nós", ponderou Odair. "Nós aqui dentro sabemos o que fizemos para atingirmos esse momento. O campeonato não termina aqui. E nós sabemos os sacrifícios, os compromissos para chegar aqui. Se perder isso, cai. Cai a vitória, a confiança. E aí se cai na tabela. O campeonato é muito duro. Vamos ter uma parada onde todos vão poder descansar. E na hora que a gente retomar, meu amigo, é pra ser mais forte. Faltam 28 jogos e isso é muita coisa. Se não continuar com essa postura, não vai dar. Vamos voltar com forca e concentração para a segunda perna", completou.

O Internacional programou 10 dias de folga aos jogadores, realizará intertemporada em Atibaia, São Paulo, e tem um objetivo claro: não deixar o embalo passar no período sem jogos.

"O Inter disputa o campeonato que exceção de 2016 sempre disputou. Nesse momento é preciso humildade para saber que temos muito a fazer, muito a trabalhar. Vamos trabalhar forte no recesso para voltar ainda mais fortes. Temos que aproveitar essa vantagem competitiva em relação aos outros times, que jogarão outras competições", disse Roberto Melo.

"É difícil. A sequência de jogos é que nos ajuda a manter o ritmo. Manter e melhorar fisicamente, taticamente e tecnicamente. O treino é muito importante, mas o jogo é mais. Vamos ver a programação. Temos que manter a cabeça boa para fazer um grande segundo semestre após mais uma boa vitória na quarta", opinou o volante Rodrigo Dourado.

O Colorado encara o Vasco na quarta-feira, no Beira-Rio. Edenílson, suspenso, está fora.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos