Palmeiras e Fla empatam em jogo com confusão e seis expulsões no final

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

O Flamengo segue com razoável tranquilidade na liderança do Campeonato Brasileiro, mas viu cair a vantagem para o 2º colocado em uma noite com muita confusão e seis jogadores expulsos no Allianz Parque depois de um desentendimento entre Dudu e Cuéllar. Na última rodada antes da parada para a Copa do Mundo, o Rubro-negro empatou com o Palmeiras por 1 a 1. Os gols de Willian e Thuler, nesta quarta-feira (13), foram melhores para os visitantes. Os donos da casa não conseguem embalar. Empataram pela segunda vez seguida e não cumpriram a meta do técnico Roger Machado de chegar na pausa para o Mundial entre os primeiros.

Com 27 pontos, o Flamengo lidera de forma isolada - tem quatro pontos de vantagem para o vice-líder Atlético-MG. A distância é de oito pontos para o Palmeiras, em 6º lugar, com 19 pontos. Os times entram em período de recesso e retornam ao Brasileirão apenas em julho. No dia 18 do próximo mês, o Rubro-negro recebe o São Paulo, no Maracanã. Já o Alviverde encara o Santos, dia 19, no Pacaembu.

O melhor: Diego Alves

O goleiro do Flamengo foi o principal responsável pela partida ter terminado empatada no Allianz Parque. Foram pelo menos três grandes defesas: no primeiro tempo, uma cabeçada de Willian à queima-roupa, e no segundo, um chute forte do mesmo Willian e um peixinho na pequena área de Edu Dracena. Os melhores momentos do Palmeiras no jogo só não se converteram em gols por causa de Diego.

O pior: Hyoran

Após uma ótima sequência de jogos que o fez até ganhar a titularidade no Palmeiras, o meia não foi bem dessa vez. Aberto pela direita, teve participação quase nula nos ataques do Alviverde, que saíram principalmente dos pés de Dudu e Willian. Foi o primeiro a ser escolhido por Roger Machado para deixar o campo, dando lugar a Lucas Lima.

Palmeiras pressiona no início e toma conta do jogo

Dono da casa e com a necessidade da vitória, o Palmeiras não tomou conhecimento do Flamengo no início da partida e partiu com tudo em busca do resultado que interessava. Aos 4min, Willian cabeceou com estilo. O goleiro Diego Alves foi no ângulo buscar e fez uma defesa absolutamente espetacular para evitar o gol Alviverde.

Alívio rubro-negro dura pouco


O alívio do Flamengo durou pouco com a defesa de Diego Alves. Um minuto depois, a defesa parou em jogada de Dudu. O cruzamento chegou até Bruno Henrique, que tocou para o meio da pequena área. Willian entrou sozinho para colocar a bola no fundo da rede. Gol do Alviverde e muita festa no Allianz Parque! O predomínio dos donos da casa só aumentou. Abalado, o Rubro-negro teve dificuldades para construir jogadas.

Flamengo melhora na reta final e tem boa chance para empatar

O Flamengo só entrou na partida na segunda metade do primeiro tempo. Ainda que com dificuldades, o time se soltou e construiu algumas jogadas. Foram cinco finalizações. A melhor apareceu aos 40min. Vinicius Júnior cruzou e Everton Ribeiro cabeceou. O goleiro Jailson fez grande defesa para garantir a vantagem alviverde.

Diego Alves faz milagres em sequência no segundo tempo

Logo no início da etapa complementar, o Palmeiras voltou a ameaçar o gol rubro-negro. Coube ao goleiro Diego Alves promover milagres em sequência. Aos 5min, ele espalmou uma bomba de Willian da entrada da área. Um minuto depois, o goleiro rubro-negro impediu o segundo tento do Palmeiras em cabeceio de Edu Dracena.

Flamengo empata com jovem Thuler

Quando parecia em dificuldades na partida, o Flamengo encontrou o gol de empate através do jovem zagueiro Thuler. Rodinei cobrou o escanteio. O goleiro Jailson não saiu, assim como o zagueiro Thiago Martins não subiu. Cou ao rubro-negro subir e colocar a bola no fundo da rede.

Felipe Melo dá entrada criminosa em Vinicius Júnior

O volante Felipe Melo protagonizou um lance lamentável na segunda etapa. Ele acertou Vinicius Júnior em cheio com um carrinho e fez falta duríssima. O banco do Flamengo inteirou levantou e pediu a expulsão do palmeirense. O árbitro puniu apenas com o cartão amarelo, mas a discussão entre Melo, atletas e comissão técnica do Rubro-negro continuou. Depois do lance, Vinicius Júnior e Felipe ainda se estranharam algumas vezes.

Confusão generalizada e seis expulsões no final

Já ao término da partida uma enorme confusão tomou conta do gramado. Aos 46min, Dudu foi derrubado por Cuéllar. O palmeirense empurrou o adversário, o que foi o estopim para uma troca de agressões entre os atletas. As comissões técnicas e jogadores reservas invadiram o campo. O goleiro Jailson e o volante Jonas trocaram golpes. O árbitro Braulio da Silva Machado expulsou três atletas de cada lado. No Palmeiras: Jailson, Dudu e Luan, que estava no banco de reservas. Pelo Flamengo: Cuéllar, Jonas e Henrique Dourado, também reserva e que nem sequer entrou na partida. Quando o jogo foi reiniciado, o meio-campista Moisés assumiu as luvas de Jailson e foi para o gol do Palmeiras, que já tinha feito suas três substituições a esta altura. Mas não deu tempo de o camisa 10 ser testado como goleiro: o árbitro, que tinha dado cinco minutos de acréscimos antes da confusão, encerrou o jogo segundos após reiniciá-lo.

Despedida dupla no Flamengo

Marcello Zambrana/AGIF
Os garotos do Ninho Felipe Vizeu e Vinicius Júnior se despediram do Flamengo longe do Maracanã. Os dois foram vendidos para o futebol europeu. Vizeu jogará na Udinese-ITA. Já a sensação Vinicius Jr. se transferiu por 45 milhões de euros para o Real Madrid-ESP. Embora a diretoria rubro-negra ainda tente, a permanência até o final do ano é considerada improvável por todas as partes envolvidas na negociação.

Mosaico para a seleção falha por falta de quórum
Leandro Miranda/UOL
O Palmeiras preparou um mosaico com os dizeres "Rumo ao hexa" para homenagear a seleção brasileira, que vai buscar seu sexto título da Copa do Mundo na Rússia. Mas a atração não funcionou como planejado: na hora da entrada dos times em campo, boa parte das arquibancadas do Allianz Parque ainda não estava cheia, e não houve torcedores suficientes para levantar os cartazes. O resultado foi que a mensagem não ficou tão nítida quanto deveria.

Time sub-17 é homenageado por título
Palmeiras/Divulgação
A equipe sub-17 do Palmeiras recebeu uma homenagem antes da partida pela conquista do Mundial de Clubes Juvenil, na Espanha. Os garotos deram uma volta olímpica no gramado e cantaram o hino do time com a torcida. Para ser campeão, o alviverde venceu o Real Madrid na final por 4 a 2.

PALMEIRAS 1 X 1 FLAMENGO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Público: 36.882
Renda: R$ 2.598.847,44
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Neuza Ines Back (SC)
Cartões amarelos: Moisés, Felipe Melo, Marcos Rocha e Victor Luís (Palmeiras); Everton Ribeiro, Rodinei, Felipe Vizeu, Diego Alves e Vinicius Júnior (Flamengo)
Cartões vermelhos: Dudu, Jailson e Luan (Palmeiras); Cuéllar, Henrique Dourado e Jonas (Flamengo)
Gols: Willian, aos 5min do primeiro tempo; Thuler, aos 10min do segundo tempo

Palmeiras
Jailson; Marcos Rocha, Thiago Martins, Edu Dracena e Victor Luís; Bruno Henrique, Felipe Melo (Artur) e Moisés; Hyoran (Lucas Lima), Willian (Papagaio) e Dudu
Técnico: Roger Machado

Flamengo
Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Thuler e Renê; Cuéllar, Jean Lucas (Willian Arão), Lucas Paquetá, Everton Ribeiro (Jonas) e Vinicius Júnior; Felipe Vizeu (Marlos Moreno)
Técnico: Maurício Barbieri

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos