Gilberto estreia com gol, mas Bahia cede empate à Chape na Arena Condá

Do UOL, em Santos (SP)

Contratado no mês passado para reforçar o setor ofensivo do Bahia, Gilberto já mostrou a que veio. O atacante ex-São Paulo marcou um bonito gol de cabeça já na metade final do segundo tempo, mas não foi suficiente. Logo depois, Osman, que havia entrado há pouco tempo, fez para a Chape e empatou por 1 a 1 o jogo disputado na noite desta quinta-feira (19), na Arena Condá, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar do primeiro ponto conquistado como visitante, o Bahia continua na zona de rebaixamento, com 13 pontos, na 17ª colocação. A Chapecoense aparece à frente, com dois pontos a mais, na 14ª posição.

O Bahia agora tem pela frente seu maior rival. No domingo (22), recebe o Vitória na Arena Fonte Nova. Já a Chapecoense encara o Santos na noite de domingo (22), novamente na Arena Condá.

O melhor: Gilberto.

Além do gol, já havia feito linda jogada que quase resultou em um pênalti. Deu trabalho à defesa da Chape.

Bahia joga em casa?

Nem parecia que era o Bahia o time visitante. Abusando da ligação direta, a Chapecoense praticamente não teve meio-campo e desta forma não conseguiu assustar o gol de Anderson. Mais organizado, o time baiano teve mais posse de bola e, apesar de não ter aberto o placar, criou boas situações na etapa inicial. Faltou melhorar a finalização.

Cadê o VAR?

Os jogadores do Bahia reclamaram de um lance bastante polêmico aos 34min da etapa inicial. Gilberto fez linda jogada e, após dar um drible da vaca no adversário, acabou dividindo com Jandrei dentro da área e caindo no campo. O juiz mandou o jogo seguir. "Foi muito pênalti. Eu pulei não para cavar, eu pulei para sair dele. Eu tinha chances reais de gols, pra que eu iria fingir?", questionou Gilberto ao Canal Premiere na saída para o intervalo.

Strike!

Sobrou para o bandeirinha. Depois de uma dividida na lateral entre os jogadores, quem levou a pior foi o assistente paranaense Vitor Hugo Imazu dos Santos, que não conseguiu escapar da ação dos atletas e acabou indo para o chão. Com muito bom humor, ele logo levantou e seguiu o seu trabalho, sorridente.

2ºT ruim, mas ao menos com gols

Liamara Polli/AGIF
O segundo tempo na Arena Condá foi se formando até pior que o primeiro, com muitos erros e pouca criatividade. Mas no fim, deu alegria às duas torcidas. Primeiro com Gilberto, que marcou de cabeça aos 32min, e depois com Osman, que marcou cerca de 20 minutos depois de ir a campo na vaga de Bruno Silva.

Desfalque de última hora

O Bahia terá um desfalque de última hora para encarar a Chapecoense. Pouco antes do apito inicial, o clube tricolor informou que Mena não iria para o jogo por negociar com outro time. Segundo apurou o UOL Esporte, o clube interessado é o Racing, da Argentina.

CHAPECOENSE 1 x 1 BAHIA

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 19/07/2018 (quinta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Cartões amarelos: Luiz Otávio (Chapecoense), Tiago, Flávio (Bahia)
Gols: Gilberto, aos 32min, Osman aos 39min do segundo tempo

CHAPECOENSE
Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo, Luiz Antonio e Canteros (Guilherme); Bruno Silva (Osman) e Wellington Paulista.
Técnico: Gilson Kleina

BAHIA
Anderson; Bruno (Flávio), Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Zé Rafael, Vinícius; Edigar Junio (Élber) e Gilberto (Régis)
Técnico: Enderson Moreira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos