Técnico do Fla critica cera do São Paulo e lamenta chances desperdiçadas

Do UOL, no Rio de Janeiro

No primeiro jogo como técnico efetivado do Flamengo, Maurício Barbieri saiu derrotado pelo São Paulo do Maracanã por 1 a 0. O Rubro-negro ainda é o líder do Campeonato Brasileiro, mas a distância em relação ao rival caiu para um ponto (27 a 26). Em sua entrevista coletiva, o treinador criticou a cera do Tricolor e lamentou as chances desperdiçadas pelos comandados.

"Eu não gostei (cera). Acho que houve excesso. O árbitro deveria ter utilizado outra postura. Deu acréscimo, mas seguimos com quedas e deveria acrescentar mais tempo. Não tem o que fazer. Isso encaixou na proposta do São Paulo, principalmente porque fizeram o gol no início do segundo tempo. Não cabe julgar, infelizmente não conseguimos", afirmou.

Barbieri elogiou o domínio de jogo do Flamengo, mas não esqueceu de lamentar as oportunidades criadas e desperdiçadas pelo time. Com uma bola, o São Paulo parou o líder do campeonato em um Maracanã cheio.

"Tivemos um domínio grande. Alertamos para a estratégia do São Paulo, mas ainda assim criamos um bom número de oportunidades. Paquetá, Marlos, Uribe... Tivemos dois contra-ataques que poderíamos definir melhor. Seria um resultado diferente. Eles acharam a bola que queriam. Modificamos a estrutura da equipe na sequência, mas faltou concluir melhor", comentou.

Questionado se o resultado abalou o elenco logo na primeira partida após a pausa para a Copa do Mundo, o técnico foi taxativo.

"Não abala. De maneira nenhuma. Estamos insatisfeitos com o resultado. Não é o que queríamos. Mas, até pelo domínio, fizemos uma partida relativamente boa. Apesar da derrota. Lutamos o tempo todo, buscamos o gol de maneiras diferentes. Precisamos ajustar o que erramos", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos