Na volta de Felipão, Palmeiras perde pênalti e empata com o América-MG

Do UOL, em Santos (SP)

Luiz Felipe Scolari iniciou a sua terceira passagem pelo Palmeiras com um empate. O time de Felipão até foi superior ao América-MG na tarde deste domingo (5), no Independência, mas não conseguiu agredir o suficiente para ir às redes – Jean, inclusive, desperdiçou cobrança de pênalti ainda na etapa inicial. Desta forma, as equipes não saíram do 0 a 0, em duelo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em sua estreia, Felipão mandou a campo um time praticamente reserva, já pensando no duelo de quinta-feira, contra o Cerro, pela Libertadores. Ainda assim, o Alviverde criou mais que o América-MG, mas não tanto a ponto de o treinador poder comemorar o primeiro gol da equipe em sua volta. Foram até do time mineiro as melhores chances de gol - exceção feita ao pênalti.

Com o resultado, o Palmeiras continua estacionado na sexta colocação do Brasileiro, ainda na zona de classificação para a Libertadores, agora com 27 pontos. Já o América-MG fica com o décimo lugar da tabela, com 21 pontos.

O Palmeiras volta a campo às 21h45 de quinta-feira (5), no primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores, contra o Cerro Porteño, no Paraguai. Já o América-MG retorna aos gramados apenas no próximo fim de semana. No sábado (11), às 19h, visita o Bahia na Fonte Nova.

Os melhores : Lucas Lima e Ruy

Pedro Vale/AGIF
Pelo lado do Palmeiras, Lucas Lima foi o mais lúcido. Ainda longe das grandes atuações com a camisa do Santos, conseguiu criar algumas oportunidades e participou bastante do jogo. Pelo América-MG, Ruy foi quem mais assustou: carimbou a trave e exigiu uma grande defesa de Weverton.

O pior: Jean

Além de errar o pênalti, participou pouco do jogo e errou alguns passes. Ainda precisa recuperar o ritmo de jogo.

Palmeiras totalmente modificado

Pedro Vale/AGIF
Já de olho no compromisso de quinta-feira, contra o Cerro Porteño, pela Libertadores, Felipão escalou um Palmeiras quase reserva – e totalmente diferente do time que foi a campo no meio da semana, diante do Bahia. Apenas Moisés e Weverton iniciaram as duas partidas. "Nós temos um grupo de 27, 28 jogadores, todos têm qualidade, então em determinados momentos, por algumas situações que podem complicar no decorrer dos campeonatos, a gente faz uma opção diferente", disse Felipão antes da partida.

Mais um pênalti perdido pelo Palmeiras

Depois de um lance de perigo para cada time no começo do jogo, Moisés foi derrubado por Matheus Ferraz dentro da área e o Palmeiras teve um pênalti a seu favor para abrir o placar, aos 23min. Mas o goleiro João Ricardo acertou o canto e defendeu a cobrança de Jean. Foi a segunda penalidade desperdiçada pelo time alviverde em quatro dias - na quinta, contra o Bahia, Bruno Henrique acertou o travessão.

Goleiro do América-MG passa mal

No início do segundo tempo, João Ricardo precisou de um tempo para se recuperar. Ele deixou o campo por um instante, apoiou-se em uma placa e demonstrou certa indisposição. Os médicos chegaram a entrar no gramado e, depois de alguns segundos, o goleiro do América-MG resolveu permanecer. De acordo com o médico do time mineiro, foi apenas uma 'dor no estômago'.

Palmeiras falha no último passe e chuta pouco

Pedro Vale/AGIF
Mesmo fora de casa, o Palmeiras soube trabalhar dentro do campo adversário e, com mais posse de bola, tentou mais o ataque que o adversário, especialmente no primeiro tempo. Faltou, porém, caprichar mais no último passe. Chances não faltaram para criar mais perigo perto da área do América-MG. O que também faltou ao time foi finalizar mais a gol. Em contrapartida, o América-MG ficou menos com a bola, mas quando chegou, levou muito perigo ao gol de Weverton.

Borja de volta após mais de 2 meses

Pedro Vale/AGIF
Miguel Borja foi relacionado pela primeira vez desde a Copa do Mundo. O colombiano não entrava em campo há mais de dois meses: sua última partida havia sido em 19 de maio, contra o Bahia, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Em sua reestreia, Borja até que apareceu bem e construiu bons lances, o melhor deles fazendo a parede e acionando Lucas Lima para uma finalização perigosa do meia. Saiu na metade do segundo tempo.

Que caneta! Moisés humilha Wesley

Em seu último lance em campo, já no segundo tempo, Moisés deu uma caneta desconcertante em Wesley, do América-MG. Em seguida, sentiu o cansaço e foi substituído por Bruno Henrique.

Encontro de velhos amigos

Antes da partida, os técnicos Felipão e Adilson Batista trocam um forte abraço e algumas palavras até demoradas. Ambos trabalharam juntos no Grêmio e conquistaram alguns títulos importantes, como a Libertadores (1995) e do Campeonato Brasileiro (1996) - um como treinador e o outro ainda como jogador. "Satisfação rever uma pessoa que você tem um carinho muito grande, um pai mesmo", disse Adílson Batista antes do apito inicial.

AMÉRICA-MG 0 x 0 PALMEIRAS

Data: 05/08/2018 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (ambos da Fifa)
Cartões amarelos: Aderlan (América-MG); Thiago Santos e Luan (Palmeiras)

AMÉRICA-MG
João Ricardo; Aderlan, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Leandro Donizete, Wesley (Rafael Moura), Gerson Magrão, Ruy e Giovanni (David); Marquinhos (Matheusinho)
Técnico: Adilson Batista

PALMEIRAS
Weverton; Mayke, Luan, Thiago Martins e Victor Luis; Thiago Santos, Jean, Moisés (Bruno Henrique) e Lucas Lima; Hyoran (Gustavo Scarpa) e Borja (Deyverson)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos