No duelo dos lanternas, Ceará vence fora e ultrapassa Paraná na tabela

Do UOL, em São Paulo

No duelo entre as duas piores equipes do Brasileirão até o momento, o Ceará venceu o Paraná por 1 a 0 neste domingo (5), em pleno Durival de Britto, e jogou o concorrente direto para a lanterna do torneio. 

Juninho Quixadá, aos 14 minutos do primeiro tempo, fez o único gol da equipe alvinegra, que chega agora a 14 pontos, contra 13 dos donos da casa. Foi ainda o primeiro triunfo do time cearense como visitante no campeonato. 

O time alvinegro volta a campo na próxima quarta-feira, quando recebe o Santos em jogo antecipado da 20ª rodada. Já o Paraná só joga no próximo domingo, novamente em Curitiba, diante do Botafogo. 

O melhor: Everson segura pressão paranista

Num duelo que teve vários momentos de sufoco para o Ceará, o goleiro Everson apareceu bem quando exigido nos dois tempos e evitou que o Paraná alcançasse o empate. 

O pior: Grampola pouco cria

Contratado para melhorar o ataque tricolor, o pior até o momento do Brasileiro, Rafael Grampola foi lançado como titular logo em sua estreia, mas pouco criou de perigo. 

Quixadá decide no primeiro tempo

Empurrado pela torcida, o Paraná partiu para cima no início do jogo, mas não aproveitou o bom momento. Já o Ceará equilibrou as ações a partir dos 10 minutos e não demorou para abrir o placar com Juninho Quixadá, em bonito chute colocado de fora da área. Melhor do Paraná na etapa inicial, Silvinho quase marcou em jogada individual, mas errou o alvo. Nadson também levou perigo, mas parou em boa defesa de Everson.

Rogério Micale muda, e Maicosuel estreia

Em desvantagem, o Paraná voltou para o segundo tempo com duas mudanças: Maicosuel e Alex Santana nas vagas de Nadson e Leandro Vilela. Na reestreia com a camisa tricolor, o ex-meia de Grêmio, São Paulo, Palmeiras, Botafogo e outros mostrou boa movimentação e quase fez um golaço após fazer fila na defesa alvinegra - acabou chutando para fora. Rayan, logo no primeiro minuto, também perdeu grande chance. Era muita emoção para o sempre criativo Twitter do clube. 

Ceará se segura e mantém reação

A exemplo do primeiro tempo, o Ceará se fechou na etapa final e conseguiu controlar os momentos de maior pressão do time da casa, além de ainda criar perigo em alguns contra-ataques - Arthur e Cardona quase marcaram. O 1 a 0, porém, foi mais do que suficiente para manter o bom momento da equipe, que com o técnico Lisca tem 75% de aproveitamento dos pontos - antes era 29%. 

Torcida paranista protesta

Depois de comparecer mais uma vez em ótimo número, a torcida do Paraná protestou ao término da partida. Gritos de "time sem-vergonha" ecoaram no Durival Britto em meio a pedidos pela saída do técnico Micale. "Tem que protestar. Se eu fosse torcedor e o time em último eu também faria. Temos que trabalhar e assumir a responsabilidade", disse Maicosuel ao canal "Premiere". 

Ficha técnica

Paraná 0 x 1 Ceará

Data: 05/08/2018
Local: Estádio Durival Britto, em Curitiba (PR)
Hora: 16h (de Brasília)
Cartões amarelos: Torito González, Alex Santana, Igor, Carlos Eduardo (Paraná); Eduardo Brock (Ceará)
Cartões vermelhos: Nenhum

Gol: Juninho Quixadá, aos 14 minutos do primeiro tempo. 

Paraná: Richard; Júnior, René, Rayan e Igor; Leandro Vilela (Alex Santana), Torito González e Nadson (Maicosuel); Silvinho (Carlos Eduardo), Rodolfo e Rafael Grampola. Técnico: Rogério Micale.

Ceará: Everson; Fabinho, Tiago Alves, Eduardo Brock e João Lucas; Edinho, Richardson e Cardona (Reina); Juninho Quixadá (Calyson), Arthur e Leandro Carvalho (Felipe Azevedo). Técnico: Lisca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos